Pesquisa
Novos Modelos

Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3

11:28 - 30-06-2022
 
Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3
Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3
Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3

A estética pode ser discutível mas inegável é o impacto visual do Ioniq 6 que a Hyundai irá apresentar oficialmente algures em Julho.

Ioniq 6: o novo 'eléctrico' da Hyundai para ''abater'' o Tesla Model 3

Anunciado há dois anos como Prophecy na sua fase de protótipo, a nova berlina é daqueles "eléctricos" que se percebe logo ter sido esculpido no túnel de vento.

Não há dados técnicos sobre as suas prestações mas estão previstas variantes com mais de 500 cv de potência e autonomias superiores a 500 quilómetros.

Sem preços definidos, a abertura das encomendas deverá acontecer neste Outono, com a entrega dos primeiros exemplares no início do próximo ano.

Quase igual ao protótipo

À semelhança do que aconteceu com o Ioniq 5 da Hyundai, o Ioniq 6 de produção está muito próximo das linhas definidas pelo Prophecy.

Construído sobre a plataforma E-GMP, percebe-se a mesma silhueta do concept car, ao estilo de um fastback.

Aliás, o desenho aerodinâmico baseia-se na mesma concepção que marcou os protótipos muito estilizados da art déco dos anos 30 do século passado.

A busca incessante pela eficiência energética nos carros movidos a electrões assim o obriga, prevendo um retorno, ainda que tímido, às berlinas clássicas.

Exceptuam-se, nessa ligação ao Prophecy, as soluções de estilo concebidas para as áreas à frente e atrás. O resultado final é um coeficiente aerodinâmico de apenas Cx 0,21, bem apoiado por uma dianteira muito baixa.

Não se podem ignorar também as saídas de ar activas, redutores de distância entre as rodas, e os retrovisores laterais ultra-finos, que opcionalmente podem comportar câmaras digitais.

O aerodinamismo é reforçado atrás pelo spoiler elíptico em forma de asa com winglets, como se fosse a popa de um barco.

Destacam-se ainda os mecanismos de separação de ambos os lados do pára-choques traseiro.

E não se pode ignorar a cobertura total do quadro inferior da berlina, com deflectores optimizados e espaço de rodagem reduzido.

Quanto ao sistema de iluminação, a berlina integra mais de 700 pixéis paramétricos. Estão "distribuídos" pelos faróis, farolins, sensores inferiores à frente, saídas de ar e indicadores da consola.

Significa assim que o Ioniq 6 se apresta como um rival directo não apenas dos Tesla Model 3 e Model S, mas também do Mercedes EQE.

As dimensões são, nesse sentido, muito semelhantes: 4,86 metros de comprimento, por 1,89 de largura e 1,49 de altura.

A distância entre eixos situa-se nos 2,95 metros, com o conjunto a ser composto por jantes aerodinâmicas em liga leve de 18 ou 20 polegadas.

Interior idêntico ao Ioniq 5

Numa rápida vista de olhos ao interior do Ioniq 6, percebe-se uma ligação directa ao ambiente geral apresentado no Ioniq 5.

Um bloco digital sobre o tabliê agrupa o painel de instrumentação e o ecrã táctil de infoentretenimento, divididos em dois visores de 12 polegadas cada um.

Nos painéis das portas estão ausentes quaisquer tipos de botões; apenas se distinguem os puxadores, os altifalantes e os compartimentos de arrumação,

Todo o habitáculo está iluminado por um sistema luminoso de duas cores, com a luz ambiente a poder ser personalizada a partir de um espectro de 64 tons e de seis esquemas de cores duplas.

O interior é ainda marcado por materiais sustentáveis como a pele ecológica ou o tecido plástico reciclado nos bancos. O painel de instrumentos recebe pele TPO, e o tejadilho é "forrado" com tecido plástico PET, sendo ambos os materiais biológicos.

As portas são "pintadas" com tinta biológica derivada de óleos vegetais, e os tapetes a partir de redes de pesca recicladas, que é uma estreia na marca.

Autonomia superior a 500 km

Faltam saber as características das baterias, ao nível da sua capacidade, e as potências dos motores eléctricos que irão equipar o Ioniq 6.

Contudo, é quase certo que, ao partilhar a mesma plataforma e a tecnologia de 800 volt do Ioniq 5, deverá herdar as mesmas configurações técnicas.

Recorde-se que o SUV pode dispor de baterias de 58 e 73 kWh, com esta última a ser aumentada em breve para 77 kWh, e potências de 170, 218 e 306 cv.

A autonomia deverá ser um pouco mais favorável, dada a aerodinâmica mais elaborada, e ultrapassar facilmente os 500 quilómetros com uma única carga.

Nos próximos dias de Julho, todas essas dúvidas serão esclarecidas com a estreia oficial do Hyundai Ioniq 6.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.