Pesquisa
Novos Modelos

Guiámos o novo Suzuki S-Cross

14:00 - 14-09-2016
  9
Guiámos o novo Suzuki S-Cross
A imagem é muito diferente, mas o novo Suzuki S-Cross não é um novo modelo, mas apenas o fruto de um restyling profundo. Trocou a imagem feita de linhas simples por um aspecto mais personalizado, vincado pela imponente grelha dianteira, que uns aplaudem e outros nem por isso...

A alteração passa ainda pelo desenho dos grupos ópticos e dos pára-choques mais volumosos, que procuram vincar a imagem de robustez de um SUV, pronto para algumas aventuras fora de estrada, algo contraditório num modelo que passa a oferecer a possibilidade de montar jantes de 17 polegadas, mais à medida de uma utilização em asfalto.

Quanto a nós, a maior evolução passa pelo "upgrade" ao nível da qualidade e dos materiais que descobrimos no habitáculo, para já não falar na evolução no campo do design, evidente no painel de instrumentos e no ecrã de sete polegadas, compatível com os sistemas Apple Car Play e MirrorLink, proposto de série ou como opcional, servindo de interface para as funções de info-entretenimento.

A evolução do Suzuki S-Cross também passa pelas propostas no campo das motorizações. O turbodiesel 1.6 DDiS de 120 cv/320 Nm é um valor seguro graças a uma relação honesta ao nível das prestações/consumo (é possível garantir médias na casa dos 4,0 litros/100 km), com a versão 4x2 com caixa manual.

No campo das propostas a gasolina, os motores turbo Boosterjet de três e quatro cilindros são uma grata surpresa.

A proposta de três cilindros, com um litro de cilindrada, debita 112 cv e 170 Nm de binário máximo, é muito ágil numa condução urbana e até mesmo em estrada e, sem grandes preocupações ao nível da condução, é possível realizar médias na casa dos 5,0 litros/100 km, um valor que sobre para 5,6 litros/100 km no caso do motor 1.4 de quatro cilindros com 140 cv e 220 Nm de binário. É evidente que, quanto mais cilindrada melhor, mas neste caso as diferenças são menos evidentes do que se poderia esperar. Gostámos do motor de três cilindros...

A versão 1.0 está disponível com tracção 4x2, mas a 1.4 surge com tracção AllGrip 4x4. Ambos podem contar com a caixa automática de seis velocidades ou uma caixa manual de cinco velocidades para o S-Cross 1.0 Boosterjet e de seis velocidades no caso do 1.4.

Os novos Suzuki S-Cross estarão disponíveis em Portugal a partir de 17.394 euros e os preços vão até aos 25.123 euros do 1.6 DDiS com tracção 4x2 e caixa manual e 32.251 euros na versão 4x4 e caixa automática de dupla embraiagem. Estes preços incluem o desconto de lançamento de 2.338 euros que poderá ser aumentado em mais 1500 euros para quem opte pelo sistema de financiamento da Suzuki. O novo Suzuki S-Cross chega ao mercado nacional no final do mês de Setembro.

Preços*:

Gasolina

1.0 DiTC GL   2WD 17.394 €
1.0 DiTC GLE 2WD 19.325 €
1.4 DiTC GLX 2WD 24.711 €
1.4 DiTC GLX 2WD (Automático) 25.435 €
1.4 DiTC GLX 4WD 26.008 €

Diesel

1.6 DDiS GLE 2WD 25.123 €
1.6 DDiS GLX 2WD 27.715 €
1.6 DDiS GLE 4WD 27.628 €
1.6 DDiS GLX 4WD 30.220 €
1.6 DDiS GLX 4WD (Automático) 32.251 €

(*)Todos os preços incluem um desconto de lançamento de 2.338 euros.

Guiámos o novo Suzuki S-Cross
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.