Pesquisa
Concept Cars

Vision EQXX: mais de 1.000 km de autonomia para 'eléctrico' da Mercedes

15:35 - 04-01-2022
 
Vision EQXX: mais de 1.000 km de autonomia para 'eléctrico' da Mercedes
Vision EQXX: mais de 1.000 km de autonomia para 'eléctrico' da Mercedes
 Vision EQXX: mais de 1.000 km de autonomia para 'eléctrico' da Mercedes

Nada melhor para abanar os espíritos neste início do novo ano do que com uma proposta 100% eléctrica com mais de 1.000 quilómetros de autonomia com uma única carga.

Vision EQXX: mais de 1.000 km de autonomia para 'eléctrico' da Mercedes

Berlina travestida de coupé, o Mercedes Vision EQXX aponta ao futuro da insígnia germânica no mundo da electro-mobilidade. 

Revelado segunda-feira, numa emissão online para o salão CES 2022 que está a acontecer em Las Vegas, o protótipo é uma verdadeira celebração tecnológica. 

Aerodinamismo em Cx 0,17 

A inovação no Mercedes Vision EQXX começa logo pelo chassis, construído numa liga de aço leve mas ultra-resistente, com a estrutura final rematada por alumínio fundido. 

A carroçaria, também construída com materiais ligeiros, é marcada pelas suas linhas optimizadas, oferecendo uma distância de 2,80 metros entre os eixos. 

O resultado é um coeficiente aerodinâmico de apenas Cx 0,17, bem mais baixo do que os Cx 0,20, já por si surpreendentes, apresentados pelo Mercedes EQS. 

Os consumos indicados pela marca são também fantásticos: menos de 10 kWh por cada 100 quilómetros percorridos. Quase equivale a um consumo de um litro/100 km face a um modelo equivalente equipado com um motor a gasóleo.

Peso aligeirado ao máximo 

Para conseguir este círculo virtuoso, todos os elementos do Vision EQXX viram o seu peso aligeirado, com a correspondente optimização da gestão da energia.

Vision EQXX: mais de 1.000 km de autonomia para 'eléctrico' da Mercedes

A Mercedes não fez por menos e mobilizou os seus especialistas da equipa de Fórmula 1, que também já trabalharam no AMG One, para projectarem uma motorização de vanguarda. 

Essa aposta concretizou-se num propulsor eléctrico com 150 kW (204 cv) de potência, alimentada por uma bateria com tecnologia de 900 volt e uma capacidade inferior a 100 kWh. 

Desconhecidos mantêm-se o binário máximo ou os segundos necessários para cumprir os zero aos 100 km/hora em pura aceleração; o mesmo se passa com a velocidade máxima. 

Mesmo sendo 50% mais pequena e 30% mais leve (apenas 495 quilos) do que a bateria de 108 kWh que equipa o EQS 450+, tem uma eficiência energética de 95% e beneficia de uma tensão de 900 volt.

Muito se deve ao progresso da química dos ânodos, com um conteúdo de silício mais elevado que permite "guardar" mais energia para mover esta berlina coupé de 1.750 quilos. 

Além disso, conta ainda com 117 células solares no tejadilho, ligadas a uma bateria que fornece energia às luzes e ao sistema multimédia, para além de dar mais 25 quilómetros de autonomia. 

Para chegar até estes números, dispõe de um difusor retráctil atrás, com a extremidade traseira, mais estreita do que a dianteira, a contribuir para a poupança de energia. 

"Truques" como jantes em magnésio de 20 polegadas, discos de travão em liga de alumínio e portas em plástico, reforçadas com fibra de carbono, contribuem para essa eficiência.

Luxo e tecnologia sustentáveis 

O Mercedes Vision EQXX ostenta os os códigos da família EQ, marcados pelo rosa dourado e pela faixa luminosa a ligar os faróis energicamente eficientes, a relembrarem o EQS. 

Mais ao pormenor, cada óptica agrupa dois elementos em forma de estrela, atrás de uma lente central brilhante.Este arranjo visual oferece pistas de como poderão ser os futuros modelos da Mercedes. 

O luxo tecnológico marca o habitáculo, feito com biomateriais sustentáveis para minimizar a pegada de carbono do protótipo. 

O painel de bordo oferece também uma experiência inédita ao condutor e ao passageiro da frente, através do ecrã táctil multimédia de 47,5 polegadas com resolução 8K.

Baseado num computador neuromórfico, o sistema operativo permite o uso de um assistente de voz e navegação 3D em tempo real, entre outros recursos. 

Sendo um protótipo, obviamente não foram indicadas datas de lançamento para a berlina coupé, que dá uma ideia do que serão os futuros modelos da Mercedes. 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Miguel Ângelo Gomes   12:57 - 06-01-2022
VOTAR
A frente deste Mercedes dá ares de Kia EV6. E bem!
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Manuel Peñascoso   01:22 - 06-01-2022
VOTAR
Pois é, as baterias são o calcanhar de Aquiles dos eléctricos!
Quantos ciclos de carga e descarga suporta a bateria e qual é o custo de substituição por nova?
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.