Pesquisa
Notícias
Voar baixinho de tuk-tuk em Nürburgring
11:32 - 04-06-2019
 
Voar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em Nürburgring
Voar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em NürburgringVoar baixinho de tuk-tuk em Nürburgring
Voar baixinho de tuk-tuk em Nürburgring

As 1000 curvas de Nürburgring… Quem não celebra o traçado de uma das mais míticas pistas da competição automóvel desde a sua inauguração em 1927?

Desta vez, no entanto, não foram os bólides de sonho, conduzidos por pilotos coriáceos, que fazem a notícia. Um tuk-tuk registou, na sua "categoria", o recorde de melhor volta ao circuito de 22 quilómetros, com 31:49,46 cravados no cronómetro.

Voar baixinho de tuk-tuk em Nürburgring



Tal empreitada foi concretizada por Björn Lagercrantz e Peter Ternström, dois suecos que aproveitaram o 'track day' do último fim de semana na pista germânica, aberta a pilotos amadores, para testarem as potencialidades de um tuk-tuk importado da Tailândia.

Lagercrantz e Ternström não arriscaram serem eles a tentarem o recorde naquele triciclo, num projecto que durou três anos a concretizar. Essa missão foi dada a um piloto travestido de Stig, figura de proa do Top Gear. Mesmo assim, não faltaram sustos em barda para os dois "cientistas".

"Viajar no tuk-tuk foi uma experiência pavorosa", explicaram os dois suecos no final da "experiência". "O triciclo tinha uma condução frágil e era muito instável. Algumas curvas foram feitas em duas rodas (!!!)".

O pânico instalou-se em definitivo na famosa descida de Fuchsröhre: "Irá assombrar-nos para sempre!", clamaram Lagercrantz e Ternström. "Nunca mais queremos fazer isto de novo. Foi horrível!".

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.