Pesquisa
Novos Modelos

Vai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela Renault

16:34 - 26-07-2021
 
Vai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela Renault
Vai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela RenaultVai nascer um R5 Turbo 3 de 406 cv e não será pela Renault

Um Renault 5 levado ao extremo com um motor capaz de um desempenho igual ou superior ao novo Audi RS3 ou mesmo o Porsche 911Carrera? 

Sim, é possível, mas não se trata do desportivo 100% eléctrico que a Alpine está actualmente a desenvolver. 

Pelo contrário, o R5 Turbo 3 será criado pela Légende Automobiles, uma nova construtora franco-americana inspirada no trabalho desenvolvido pela Singer. 

Recorde-se que a fabricante americana é uma referência absoluta dos restomods, em que antigos desportivos são modificados com novas tecnologias para um desempenho superior. 

Para começar, o chassis foi totalmente redesenhado para manter a filosofia dos terríficos Turbo e Turbo 2 dos anos 80, mas com detalhes mais modernos. 

Os guarda-lamas, largos e quadrados, respeitam a carroçaria original projectada por Bertone. Contudo, em vez do alumínio ou do aço usados naquelas variantes, os painéis são em fibra de carbono para uma maior redução do peso. 

O desenho intemporal do R5 é mantido com a maneira como os faróis Full LED e os farolins LED se fundem na carroçaria. 

O mesmo acontece com os escapes duplos integrados ao centro do difusor, e na asa traseira pintada em laranja, a dar continuidade às faixas que começam nos retrovisores e se prolongam pelo pilar A e pelas laterais do tejadilho.

 

Jantes de 16 polegadas à frente e de 17 atrás reforçam o impacto visual do R5 Turbo 3, também marcado pela largura da carroçaria. 

O interior tem um ambiente espartano; nem sequer há um ecrã táctil multimédia! E o painel de instrumentos analógico é substituído por um enorme mostrador digital, "escondido" atrás de um volante de dois raios. 

A "gaiola" de protecção, os bancos baquets com encostos de cabeça integrados, e os cintos de segurança com seis pontos de fixação mostram um R5 virado para o desempenho, reforçada pela suspensão de duplo braço "emprestada" do Renault 5 Maxi Turbo. 

O capô traseiro esconde um motor central traseiro de quatro cilindros capaz de desenvolver 406 cv de potência, passados às rodas traseiras por uma caixa sequencial manual.

 

Desconhecido é o número de exemplares que serão construídos e a partir de que data; nem sequer é referido se já existe algum protótipo! 

O preço de cada unidade mantém-se no segredo dos deuses mas, neste campo, uma certeza é que o valor não será baixo face à exclusividade do desportivo. 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.