Pesquisa
Tome Nota

Mercado automóvel sobe 4,4% até Outubro

21:20 - 02-11-2021
 
Mercado automóvel sobe 4,4% até Outubro

Os primeiros dez meses deste ano assistiram à matriculação de 150.009 veículos automóveis novos. É um crescimento de 4,4% em relação ao período homólogo de 2020, mas que não esconde as dificuldades do sector. 

A Associação Automóvel de Portugal (ACAP) ressalvou em comunicado que, apesar da evolução em relação ao ano passado, aqueles valores representam "uma diminuição de 33,5% relativamente a 2019". 

O mercado de veículos ligeiros de passageiros continua a ser liderado pela Peugeot, com 14.156 unidades vendidas até Outubro, seguida da Renault, com 13.058 viaturas. 

A BMW fecha o pódio, com 9.797 veículos vendidos nos primeiros dez meses do ano, mas seguida de perto pela Mercedes, com 9.780 viaturas. 

Ligeiros de passageiros em queda 

Outubro registou 13.424 matriculações de veículos automóveis novos pelos representantes legais de marca a operar em Portugal. 

São "menos 29,5% do que no mesmo mês de 2019, e menos 19% quando comparado com Outubro de 2020", salientou a ACAP. 

Os dados da associação mostram ainda que, de Janeiro a Outubro, "as matrículas de veículos ligeiros de passageiros totalizaram 123.101 unidades". 

A variação negativa chega aos 35,1% em relação ao período homólogo de 2019", e, "em comparação com os mesmos dez meses de 2020, o mercado registou um aumento de 3,2%". 

Tendo em conta Outubro, foram matriculados em Portugal 10.576 automóveis ligeiros de passageiros, "ou seja, menos 32,4% do que no mesmo mês de 2019". 

Já em comparação com Outubro do ano passado, "o mercado registou também uma queda de 22,7%". 

Segundo a ACAP, "a forte queda, tanto por comparação com o mês homólogo de 2020, como de 2109, reflecte, essencialmente, a continuação da crise dos semicondutores". 

Quanto ao mercado de ligeiros de mercadorias, foi registada em Outubro "uma evolução negativa de 19,4% face ao mês homólogo de 2019", com 2.575 unidades matriculadas. 

Comparativamente ao mesmo mês do ano passado, registou-se um decréscimo de 5% nas matriculações. 

Em termos acumulados, este segmento de mercado atingiu 22.872 unidades, correspondente a uma descida de 26,4% face ao período homólogo de 2019. 

Face aos primeiros dez meses do ano passado, registou-se um aumento de 8,4%, de acordo com os dados da ACAP. 

A associação divulgou ainda informações sobre o mercado de veículos pesados, referindo que em Outubro "verificou-se um aumento de 3,1% em relação ao mês homólogo de 2019". 

Foram comercializados 496 veículos pesados de passageiros e de mercadorias, com este segmento a registar uma subida de 21,3% em comparação com o mesmo mês de 2020. 

De Janeiro a Outubro deste ano, "as matrículas desta categoria totalizaram 4.036 unidades", menos 16,8% relativamente ao período homólogo de 2019. 

Todavia, quando comparado com o mesmo período do ano transacto, foi registado um aumento de 22,7% nas vendas. 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.