Pesquisa
Actualidade
Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos e um... SUV!
10:51 - 02-02-2018
  11
Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Jean-Marc Gales, presidente executivo da Lotus.Jean-Marc Gales, presidente executivo da Lotus.
Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Comprada por chineses Lotus quer fazer dois novos desportivos… e um SUV!Jean-Marc Gales, presidente executivo da Lotus.Jean-Marc Gales, presidente executivo da Lotus.

A chinesa Geely juntou, no ano passado, a Lotus ao seu portefólio, depois de comprar 51% da famosa marca britânica de carros desportivos e prepara-se para fazer o mesmo que fez na Volvo: injectar o capital necessário para que a Lotus faça aquilo que melhor sabe fazer, ou seja, automóveis desportivos, mais concretamente dois novos modelos. Mas, dada a evolução dos gostos do mercado, a Lotus terá também, obviamente, de construir um SUV!

Segundo revelou o presidente executivo da Lotus, Jean-Marc Gales, ao jornal "Automotive News", "estamos muito confiantes de que conseguiremos lançar dois novos desportivos em dois anos e bater a concorrência onde os queremos bater. Nunca seremos os melhores em espaço para bagagens, mas seremos em comportamento dinâmico", referiu Gales que adiantou que um desses modelos irá substituir um actualmente existente. Provavelmente o Elise, já que foi assumido que um dos novos desportivos usará uma evolução do actual chassis em alumínio.

O outro já usará um chassis em fibra de carbono, para um comportamento dinâmico exemplar, procurando concorrer com desportivos de gamas mais altas. Deverá ficar acima do Evora na gama da Lotus. Com estes dois modelos, a marca britânica antevê a possibilidade de atingir, pela primeira vez, a barreira dos três mil carros produzidos num ano, face aos 1400/ano actuais.

Mas a grande novidade será a construção de um SUV, não propriamente para a Lotus se adaptar à moda mas para ganhar verdadeira massa crítica. Embora Jean-Marc Gales não tenha adiantado detalhes, a ideia passará por usar a mesma plataforma do Volvo XC40 e do Lynk & Co (a Compact Modular Architecture) para fazer um SUV com um ar mais desportivo e com os genes da marca. Com este modelo, que será lançado dois anos depois dos desportivos (ou seja, lá para 2022), a Lotus poderia até atingir as dez mil unidades anuais de produção!

Ao contrário dos dois novos modelos desportivos que serão fabricados nas instalações da marca em Norfolk (Inglaterra), para onde serão contratadas mais 300 pessoas este ano, o SUV – de que um site chinês divulgou imagens referentes aos desenhos usados para registo de patentes – será fabricado na China, pela Geely. Há a possibilidade de também vir a ser construído nas instalações britânicas, mas essa decisão estará dependente do resultado do processo do Brexit…

Atendendo ao papel que a Geely desempenhou na história de sucesso por que a Volvo está a passar, é de esperar que este "renascimento" da Lotus seja para valer!

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.