Pesquisa
Actualidade
Hyundai iMax N de 400 cv é um dos furgões mais radicais de sempre
11:08 - 27-10-2019
 
Hyundai iMax N de 400 cv é um dos furgões mais radicais de sempre
Hyundai iMax N de 400 cv é um dos furgões mais radicais de sempre

A Hyundai chocou o mundo esta semana ao lançar o iMax N "Drift Bus", um furgão radical que foi transformado numa máquina de queimar pneu. A ideia é louca, disso ninguém tenha dúvidas, mas ainda bem que a divisão australiana da Hyundai a teve: é uma das criações mais divertidas que vimos nos últimos tempos!

Este exemplar "one-off" foi inspirado por uma brincadeira de 1 de Abril da Hyundai Alemanha, que revelou uma versão do furgão comercial iMax assinada pela divisão "N Performance" da marca sul-coreana. Os "amigos" australianos não foram de modas e resolveram tornar esta brincadeira num automóvel real. Dito e feito, e o resultado não podia ser melhor.

Hyundai iMax N de 400 cv é um dos furgões mais radicais de sempre

Denominado Hyundai iMax N Drift Bus, este furgão conta com lugar para oito ocupantes e é alimentado por um motor V6 biturbo a gasolina de 3.5 litros que produz 408 cv de potência e 555 Nm de binário máximo. A potência é enviada na totalidade às rodas traseiras através de uma caixa automática de oito velocidades e a suspensão foi afinada para que este furgão só saiba fazer uma coisa: andar de lado!

A imagem exterior conta com o mesmo tom de azul que já conhecemos de outros modelos "N Performance" e só fica completo com um conjunto de jantes de 19 polegadas. A história continua no interior, já que este iMax foi decorado com um volante N e com três filas de bancos desportivos.

Este modelo não está homologado para andar na estrada e só será usado como veículo de demonstração em eventos. Ainda assim, já entrou para um grupo restrito de veículos de trabalho transformados em "máquinas" de performance, onde figuram nomes como a Ford Transit Supervan ou a Renault Espace F1.

Ainda se lembra da Renault Espace com motor F1 de 820 cv?

Ambas estas criações se destacam por contarem com motores de Fórmula 1 a bordo. A primeira, criada pela Ford, contava com um motor V8 Cosworth HB de 3.5 litros que produzia 650 cv de potência. A segunda, desenvolvida pela Renault Sport, "roubou" o motor V10 de 3.5 litros ao Williams FW15C da F1 e produzia uns impressionantes 820 cv de potência.

Entre estes três modelos não é fácil eleger o furgão mais radical da história, mas serão poucos os que são capazes de questionar este Top 3. Não concorda?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.