Pesquisa
Actualidade

Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata

13:52 - 19-12-2017
  398
Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata
Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata Desempregado sul-africano criou o próprio carro a partir de sucata

Costuma dizer-se que a necessidade aguça o engenho e Simon Skhosana, carpinteiro desempregado da África do Sul, é a prova disso mesmo. É que este homem de 50 anos acaba de criar o seu próprio automóvel!

Construído a partir de sucata e de componentes de bicicletas, este carro a pedais tem lugar para dois ocupantes, 11 mudanças, travão de pé, espelhos retrovisores laterais, um limpa pára-brisas manual e um volante feito de um pneu de bicicleta.

Pode não parecer muito, mas a verdade é que este veículo não só transformou por completo a vida de Skhosana como o tornou numa espécie de herói local, na aldeia de Moloto, a noroeste de Pretória.

"Posso levar a minha criança [de dois anos] à escola quando chove ou quando faz muito frio. Houve uma altura em que o meu filho teve que ir ao hospital de KwaMhlanga (cerca de 10 quilómetros de distância) para uma consulta e eu não tinha dinheiro para o transporte. Então meti-o a ele e à minha mulher no banco de trás e arranquei" afirmou Skhosana, orgulhoso, em declarações ao "Times Live".

As imagens e o vídeo, publicados pela referida publicação sul-africana, mostram outros detalhes desta viatura, incluindo as portas laterais, que Skhosana garante fechar sempre que vai em viagem, já que o seu filho "tentaria abrir a porta sempre que vão em andamento".

Mas apesar deste veículo ser o orgulho de Skhosana e da sua comunidade, há quem não goste da sua invenção, nomeadamente as autoridades.

"Eles [os polícias] mandam-me parar e pedem-me para tirar esta coisa da estrada mas eu digo-lhes que então têm de tirar todas as bicicletas da estrada porque isto é apenas uma bicicleta. Mas outros brincam e dizem-me que tenho que ter carta de condução", afirmou Simon Skhosana ao "Times Live".

Para quando precisa de transportar cargas maiores, Skhosana tem um pequeno atrelado que pode "engatar" a este carro a pedais, que segundo o próprio ainda não está terminado. Falta acrescentar alguns detalhes, pintar e claro, dar-lhe um nome.

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.