Pesquisa
Segurança

Depressão Dora está a chegar. Conheça as medidas preventivas a ter em conta

18:00 - 03-12-2020
 
Depressão Dora está a chegar. Conheça as medidas preventivas a ter em conta
Portugal continental vai ser afetado a partir da tarde desta quinta-feira e até sábado por vento forte, precipitação, neve, agitação marítima e descida da temperatura associadas à passagem da depressão Dora, informou o IPMA.

Em comunicado, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) adianta que a depressão Dora, que está associada a uma superfície fria, vai fazer-se sentir a partir da tarde desta quinta-feira e atravessar todo o território durante o dia de sexta-feira. A Proteção Civil emitiu por isso uma lista de cuidados a ter em conta durante a passagem desta depressão.

Leia as recomendações:


"Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;

Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível formação de lençóis de água e gelo nas vias;

Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;

Evitar a circulação em vias afetadas pela acumulação de neve e quando isso não for possível, adotar as seguintes medidas:

Verificação do estado dos pneus e respetivas pressões;

Transporte e colocação das correntes de neve nas viaturas;

Assegurar o abastecimento de combustível em níveis que permitam percorrer trajetos alternativos ou a permanência do veículo em funcionamento por longos períodos de tempo, em caso de retenção nas vias afetadas;

Garantir que os sistemas de aquecimento dos veículos se encontram em bom estado de funcionamento;

Providenciar alimentos adequados em quantidade e características, assim como medicamentos, de acordo com o número e tipologia de ocupantes dos veículos;

Nas vias afetadas pela acumulação de neve, são desaconselhadas viagens com crianças, idosos ou pessoas com necessidades especiais;

Evitar circular naquelas vias com veículos pesados, em particular articulados, veículos com reboque e veículos de tração traseira;

Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas;

Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atenta para a possibilidade de queda de ramos ou árvores, em virtude de vento mais forte;

Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a inundações rápidas;

Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos na orla marítima;

Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança."
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.