Pesquisa
Actualidade
Carros autónomos da Waymo já andam nas estradas
19:01 - 07-11-2017
  31
Carros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradas
Carros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradasCarros autónomos da Waymo já andam nas estradas
Carros autónomos da Waymo já andam nas estradas
Foi no palco principal da Web Summit que John Krafcik, CEO da Waymo, empresa que nasceu em 2009 como um projecto da Google, anunciou que a empresa está a trabalhar numa frota de táxis autónomos com base na mesma tecnologia que a Waymo tem vindo a testar.

A frota actual da marca é forma por monovolumes Chrysler Pacifica e John Krafcik já anunciou que em breve poderão ser acrescentados a este "catálogo" entre 100 e 500 novos exemplares. Mas o que Krafcik mais vincou é que a Waymo não tem como missão criar apenas um automóvel com tecnologia de condução autónoma, mas sim o derradeiro condutor. "Não estamos a construir um carro melhor, estamos a construir um condutor melhor", afirmou Krafcik.

"Toda a gente vai beneficiar com a tecnologia de condução autónoma", acrescentou, antes de dizer: "está claro que as nossas estradas precisam de ser mais seguras", lembrando que "todos os anos morrem 1.25 milhões de pessoas nas estradas".

Parte da missão da Waymo é tornar as estradas mais seguras e Krafcik acredita que a tecnologia de condução autónoma vai ter um papel fundamental. "Ao contrário de qualquer sistema de auxílio de condução, que exige que o condutor esteja sempre atento às estradas e assuma o controlo sempre que não consegue lidar com uma situação, o Waymo vai ser o condutor do início ao fim. Ninguém precisa de estar ao volante. Na verdade nem é preciso que esteja alguém sentado no lugar do condutor".

Krafcik quer "construir o condutor mais experiente do mundo que possa levar alguém ou alguma coisa de forma segura, do ponto A para o ponto B" e lembra que este sistema nunca ficará "bêbedo, cansado ou distraído".

Sempre que se fala de tecnologia de condução autónoma de Nível 5 - o nível máximo e que já dispensa o condutor, os pedais e o guiador – a "barreira" apontada é quase sempre o ano 2020. Mas John Krafcik anunciou em primeira mão (e mostrou em vídeo – ver abaixo) no palco da Web Summit que a Waymo já anda a testar automóveis sem condutor nas estradas públicas de Phoenix, nos Estados Unidos, e que no próximo mês esta experiência já se vai estender a passageiros fora da empresa.

O "desfile" de números em torno desta experiência é impressionante, já que a Waymo anuncia mais de 5,5 milhões de quilómetros feitos de testes autónomos em mais de 20 cidades. Estamos a falar de uma distância suficiente para dar a volta ao mundo aproximadamente 140 vezes.

Estes números dão segurança à Waymo e, segundo o próprio Krafcik, ao público, já que a confiança nos sistemas autónomos continua a ser o maior desafio que esta tecnologia apresenta. Para combater isso, a Waymo propõe que os ecrãs do automóvel sejam "ocupados" com aquilo que o automóvel está a ver naquele momento. O mesmo é dizer que o mapa da estrada criado pelo conjunto de radares, sensores e câmaras que compõem o sistema de condução autónomo será mostrado, em directo, nos ecrãs dos passageiros.

"Este tipo de comunicação é crucial. Quando as pessoas se sentem confortáveis e confiantes num automóvel completamente autónomo, mais vão querer usá-los no dia-a-dia", atirou Krafcik, antes de dizer: "Com mais automóveis autónomos na estrada, a forma como pensamos acerca da mobilidade e do transporte também vai mudar".

Carros autónomos da Waymo já andam nas estradas
E este foi o último ponto abordado pelo CEO da Waymo, que propõe um futuro marcado por uma frota de táxis (ou automóveis partilhados) feita à medida de cada um. Todo o acesso será feito através de uma "app" e os utilizadores poderão escolher o tipo de carroçaria que mais lhe convém, desde um enorme SUV a um pequeno citadino.

Mas o elemento comum entre eles é o facto de contarem todos com tecnologia 100 por cento autónoma e que dispensa qualquer tipo de intervenção humana. E essa tecnologia, segundo a própria Waymo, não só está pronta como já se encontra em funcionamento.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.