Pesquisa
Actualidade

Carro da Apple… "perde gás"

12:00 - 14-09-2016
  2
Carro da Apple… "perde gás"Carro da Apple… "perde gás"Carro da Apple… "perde gás"Carro da Apple… "perde gás"
Carro da Apple… "perde gás"Carro da Apple… "perde gás"Carro da Apple… "perde gás"Carro da Apple… "perde gás"
A Apple dispensou dezenas de funcionários ligados ao projecto do futuro automóvel de condução autónoma. Não é, contudo, claro, se se trata de um sinal de abandono do projecto ou apenas de uma redução do envolvimento da empresa. É, aliás, difícil saber ao certo o que se passa no projecto Titan que a própria Apple nunca reconheceu mas que, sabe-se, já envolvia mais de mil empregados!

Algumas fontes ligadas ao projecto adiantaram que a empresa fechou alguns departamentos para se focar noutros, no que pode ser visto como uma mudança de estratégia no envolvimento da Apple no mundo automóvel. Uma entrada que a famosa marca da maçã achou necessária pela desaceleração das vendas dos seus produtos tradicionais e numa altura em que os automóveis (eléctricos e autónomos) se começam tecnologicamente a aproximar daquilo que sempre dominou.

As notícias de mudança de estratégia fazem sentido com a história recente do nunca assumido projecto Titan, desde que o ex-engenheiro da Ford, Steven Zadesky, o liderou, há dois anos. Técnico de automóveis por formação, Zadesky estava, de facto, a projectar todo um automóvel, tendo estabelecido 2019 como o alvo para a validação de toda a engenharia do carro da Apple.

Contudo, Zadesky abandonou a empresa em Janeiro deste ano, sendo substituído por Bob Mansfield que tinha estado ligado à criação de produtos famosos como o computador MacBook Air ou o iPad. Vindo de uma área totalmente distinta, Mansfield terá analisado o que se passa actualmente no mercado, com a maioria dos construtores já estabelecidos a desenvolverem projectos de condução autónoma, decidindo mudar o rumo do projecto Titan. E com isso, eventualmente, pôr fim ao sonho de um carro totalmente Apple…

Isto ainda não é certo, o que se sabe é que a empresa está agora muito mais virada para a parte dos automóveis eléctricos e autónomos que verdadeiramente sabe controlar: baterias, sensores e software. Daí ter-se focado nestas áreas, dispensando muita gente de outros departamentos que achará menos necessários. Assistiremos, no futuro, a parcerias da Apple com construtores automóveis já conhecidos? Pode ser… Mas se a própria Apple continua a não "saber" o que é o projecto Titan, não é fácil fazer previsões!
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.