Pesquisa
Actualidade

Alerta em Detroit com nega da Porsche!

14:54 - 27-07-2016
  4
Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!
Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!Alerta em Detroit com nega da Porsche!
O anúncio caiu quase como uma "bomba": a Porsche vai faltar ao próximo salão automóvel de Detroit por achar que aquele certame… já não faz parte das suas prioridades. Estamos "só" a falar do salão automóvel tido como o mais importante e mediático dos Estados Unidos e um dos mais famosos do Mundo que todos os anos, nos primeiros dias de Janeiro, abre as rondas das novidades da indústria automóvel mundial!

Ainda na última edição, em Janeiro deste ano, o presidente da marca, Oliver Blume, fez a apresentação mundial dos 911 Turbo e 911 Turbo S na feira de Detroit, o que diz bem da importância deste certame a nível global.

Pois bem, a Porsche decidiu que não valia a pena gastar dinheiro no certame de Detroit, pois não é aí que se concentra a sua principal clientela. Em vez disso vai apostar forte nos salões automóvel de Los Angeles (18 a 27 de Novembro deste ano) e de Nova Iorque (14 a 23 de Abril de 2017), regiões onde está o grosso da sua clientela nos "States".

Mas não só, a marca alemã prevê também duplicar o seu espaço no certame de Chicago que se realiza em Fevereiro, ou seja, pouco mais de um mês depois do de Detroit. E, assim, a Porsche considera que os custos da presença no NAIAS (North America International Auto Show) deixam de ser rentáveis.

A questão aqui é se esta é uma decisão isolada de uma marca ou se é apenas o prenúncio de algo maior… Detroit sempre foi o centro da indústria automóvel norte-americana, sendo aí que se encontram as sedes da Ford e General Motors. Mas há muitos anos que é uma região economicamente deprimida e uma cidade falida…

Poderá este movimento da Porsche ser a primeira "pedra de dominó" que arrastará outras marcas, nomeadamente as europeias? Para já ainda não se prevê que assim seja, a BMW tem mesmo prevista para Detroit a apresentação mundial do novo Série 5. Mas, a médio prazo, aquele certame da "cidade dos motores" pode correr o risco de perder a importância que ganhou desde 1989, em que se tornou um dos três grandes anuais: Detroit, Genebra e, alternadamente, Paris ou Frankfurt.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.