Pesquisa
Novos Modelos

Ainda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSe

11:59 - 26-10-2022
 
Ainda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSeAinda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSeAinda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSeAinda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSeAinda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSeAinda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSeAinda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSeAinda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSe
Ainda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSeAinda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSeAinda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSeAinda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSeAinda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSeAinda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSeAinda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSeAinda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSe
Ainda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSe

Como transformar um SUV para torná-lo ainda mais apelativo na estética e no desempenho?

Ainda mais dinâmico: Opel Grandland já é GSe

Dá-se-lhe afinações mecânicas específicas e elementos estéticos distintos, e cola-se-lhe o distintivo GSe na traseira!

O Opel Grandland GSe híbrido plug-in de tracção integral está mais dinâmico do que nunca, à semelhança dos Astra GSe e Astra Sports Tourer GSe.

Dispõe dos mesmos 300 cv e 520 Nm que o Grandland PHEV convencional já debita, mercê do bloco turbo de 1.6 litros alinhado com dois motores eléctricos.

Potência e binário são passados às quatro rodas através de uma caixa automática de oito relações.

O que muda mesmo são alguns elementos do chassis, com molas mais firmes e amortecedores Koni FSD com amortecimento de frequência selectiva.

O sistema oferece diferentes graus de dureza sem elementos electrónicos pelo meio, com a direcção a ter também uma afinação específica.

O visual desportivo é reforçado pelo capô pintado de preto, embora este elemento seja proposto como opção.

As jantes em liga leve de 19 polegadas são inspiradas no protótipo Manta GSe, com um novo difusor traseiro a dar mais impacto visual.

Dentro do habitáculo, apenas mudam os bancos dianteiros desportivos com acabamentos em Alcantara.

Certificados pela AGR, distinguem-se pela sua ergonomia quando o Grandland GSe é posto à prova numa condução mais dinâmica.

Aliás, em termos de desempenho, este SUV mais "acelerado" mantém os mesmos números do "irmão" convencional.

A aceleração dos zero aos 100 km/hora faz-se em 6,1 segundos, com a velocidade máxima a atingir os 235 km/hora.

A bateria de 13,2 kWh dá uma autonomia a rondar os 65 quilómetros, com o consumo combinado de gasolina a fixar-se nos 1,3 litros/100 km.

Não há ainda informações sobre os preços da nova proposta nem quando chega aos concessionários nacionais.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.