Pesquisa
Actualidade
Volkswagen Up! também foi alvo de clonagem chinesa
14:15 - 19-03-2017
  70
Volkswagen Up! foi alvo de clonagem chinesaVolkswagen Up!Weikerui V7Volkswagen Up!Weikerui V7Volkswagen Up!Weikerui V7Volkswagen Up!Weikerui V7Volkswagen Up!Weikerui V7Weikerui V7Volkswagen Up!
Volkswagen Up! foi alvo de clonagem chinesaVolkswagen Up!Weikerui V7Volkswagen Up!Weikerui V7Volkswagen Up!Weikerui V7Volkswagen Up!Weikerui V7Volkswagen Up!Weikerui V7Weikerui V7Volkswagen Up!
Nos últimos meses foram tantos os clones de automóveis europeus feitos na China que já pouco ou nada nos impressiona. Mas de quando em vez ainda surge uma novidade capaz de nos deixar de boca aberta. É o caso deste Weikerui V7, que é como quem diz: o "irmão" chinês do Volkswagen Up!.

O pequeno citadino da marca de Wolfsburgo viu-lhe "roubadas" as linhas de design, as dimensões, os pára-choques dianteiro e traseiro, as luzes e, imagine-se, o logo! É certo que se virmos d perto percebemos um par de diferenças entre o logo deste modelo feito pela "Dezhou Weikerui Electric Vehicle Industries" e a Volkswagen, mas à distância é preciso fazer um enorme esforço par os distinguir.

Até ao momento os "clones" chineses do Volkswagen Up! Que tenhamos visto eram todos ligeiramente mais pequenos do que o citadino da VW, mas o V7 é praticamente do mesmo tamanho da versão de cinco portas do Up!.

Dentro do habitáculo, é preciso reconhecer que a Weikerui foi bastante criativa, introduzindo um ecrã táctil de oito polegadas que promete servir de terminal multimédia. Porém, se tivermos em conta os bancos e o guiador, foram obviamente inspirados no Volkswagen Up!.

Mas as semelhanças ficam mesmo pelo exterior e pelo habitáculo, é que no que a motorizações diz respeito, este Weikerui V7 não poderia ser mais distinto do citadino germânico. Mas para que não hajam dúvidas, vamos aos números da proposta mais potente do V7: motor eléctrico de 11.6 cv de potência, 50 km/h de velocidade máxima, 0 aos 30 Km/h em 10 segundos, autonomia de 120 km e um tempo de carga de 10 horas.

Estão longe de ser números aceitáveis para o que estamos habituados na Europa, mas a verdade é que com um preço que varia entre os 2700 e os 3370 euros, mão é difícil adivinhar que será mais um sucesso comercial na China.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.