Pesquisa
Actualidade
Primeiro eléctrico a chegar ao milhão de quilómetros é um Tesla Model S P85
14:03 - 30-11-2019
 
Primeiro eléctrico a chegar ao milhão de quilómetros é um Tesla Model S P85Primeiro eléctrico a chegar ao milhão de quilómetros é um Tesla Model S P85Primeiro eléctrico a chegar ao milhão de quilómetros é um Tesla Model S P85Primeiro eléctrico a chegar ao milhão de quilómetros é um Tesla Model S P85
Primeiro eléctrico a chegar ao milhão de quilómetros é um Tesla Model S P85Primeiro eléctrico a chegar ao milhão de quilómetros é um Tesla Model S P85Primeiro eléctrico a chegar ao milhão de quilómetros é um Tesla Model S P85Primeiro eléctrico a chegar ao milhão de quilómetros é um Tesla Model S P85

Um automóvel que ultrapassa a barreira do milhão de quilómetros é sempre notícia, ainda para mais quando se trata de um… eléctrico! O primeiro a conseguir esse feito foi um Tesla Model S P85, no passado dia 28 de Novembro.

Hansjörg Gemmingen, o proprietário deste modelo, revelou que o comprou em segunda mão em 2014, com 30 mil quilómetros. Os anos passaram e este Model S já atingiu a barreira do milhão de quilómetros. Pelo meio precisou de dois motores novos e de uma substituição de bateria, ainda que Hansjörg diga que as intervenções mais importantes (e caras!) Tenham sido abrangidas pela garantia.

A primeira mudança de motor surgiu logo aos 40 mil quilómetros e a segunda aos 320 mil. Quanto à bateria, com 85 kWh de capacidade, durou 290 mil quilómetros antes de ser trocada (em garantia) por uma nova. A bateria actual já leva mais de 700 mil quilómetros feitos…

Para Hansjörg, o grande "truque" está na manutenção e no uso que dá ao seu carro, já que confessa que nunca anda a velocidades muito elevadas, para não aquecer em demasia as baterias, e que tenta nunca deixar a carga descer dos 20% e passar dos 80%.

Ainda assim, nestes cinco anos Hansjörg já soma uma conta de 13 mil euros de gastos na substituição de elementos que estavam fora da garantia, entre eles o ecrã central e o painel de instrumentos, que custaram 3100 euros a substituir. Além disso Hansjörg explica que apenas teve de trocar as pastilhas de travões e os discos uma vez.

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.