Pesquisa
Actualidade
Morreu Domingos Piedade, um dos maiores nomes da F1 em Portugal
14:01 - 30-11-2019
 
Morreu Domingos Piedade, um dos maiores nomes da F1 em Portugal
Faleceu hoje, aos 75 anos de idade, Domingos Piedade, jornalista, comentador, ex-vice-presidente da Mercedes AMG e que também passou pelo conselho de administração do Circuito do Estoril, escreve a Flash.

A notícia da morte foi avançada pelo amigo João Carlos Costa, num post no Facebook.

Domingos Piedade teve um percurso profissional sempre ligado ao mundo automóvel, onde colecionou vitórias no campeonatos de carros de turismos, ralis, Fórmula 1 e Le Mans, nas mais variadas funções.

A par do também falecido Alfredo César Torres, foi uma das maiores figuras portuguesas ligadas ao desporto motorizado, sendo amigo próximo de Ayrton Senna e responsável pela "descoberta" do jovem piloto de karts Michael Schumacher e pela gestão de carreira do alemão até à sua entrada na Fórmula 1.

Na Fórmula 1, onde teve papel importante na entrada de Pedro Lamy como piloto, foi ainda responsável por algumas inovações, como a criação do 'medical car', hoje obrigatório em todas as partidas de desportos motorizados.

Domingos Piedade, que recebeu um diagnóstico de um cancro do pulmão em Fevereiro de 2017, era casado com a antiga apresentadora da RTP, Ana Paula Reis. O casal tinha dois filhos, João e Manuel.

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.