Pesquisa
Actualidade
Maluqueira: um Mini V8 Moke com 460 cv!
14:49 - 26-03-2020
 
Maluqueira: um Mini V8 Moke com 460 cv!Maluqueira: um Mini V8 Moke com 460 cv!Maluqueira: um Mini V8 Moke com 460 cv!Maluqueira: um Mini V8 Moke com 460 cv!Maluqueira: um Mini V8 Moke com 460 cv!Maluqueira: um Mini V8 Moke com 460 cv!
Maluqueira: um Mini V8 Moke com 460 cv!Maluqueira: um Mini V8 Moke com 460 cv!Maluqueira: um Mini V8 Moke com 460 cv!Maluqueira: um Mini V8 Moke com 460 cv!Maluqueira: um Mini V8 Moke com 460 cv!Maluqueira: um Mini V8 Moke com 460 cv!
Maluqueira: um Mini V8 Moke com 460 cv!

É daquelas pessoas apaixonadas pelo Mini Moke, o pequeno ‘roadster’ criado por Sir Alec Issigonis e John Sheppard em 1964, na esteira do sucesso do Mini original?

Agora colocamos-lhe uma questão: gostaria de deitar as mãos a uma versão especial com 460 cv de potência?!

Maluqueira: um Mini V8 Moke com 460 cv!

O projecto é a mais recente maluqueira saída da cabeça de Ludovic Lazareth, um francês meio louco conhecido pelos seus arrojados protótipos.

O Mini Moke em causa, reconvertido pela Lazareth Auto-Moto, estava encostado a um canto da empresa, depois de ter servido de protótipo à série de veículos anfíbios que a empresa criou em 2017.

De repente, surge nas cabeças dos técnicos da "oficina" a famosa lâmpada do professor Pardal. Porque não montar naquela carroçaria de alumínio um bloco V8 de 4.7 litros da Maserati? Saltam as rolhas das garrafas de champanhe: nasceu o Mini V8M Lazareth!

Com uma potência de 460 cv e 520 Nm, este "foguete" está equipado com umas jantes de liga leve de 17 polegadas quando as originais são de 13 polegadas!

É potente, mesmo muito potente, principalmente quando o Mini V8M Lazareth pesa apenas 850 quilos.

"O ‘animal’ é brincalhão e responde às mínimas solicitações do acelerador", afirma a Lazareth Auto-Moto. Se dúvidas houverem, basta apreciar no nosso vídeo como ele acelera numa estrada sinuosa.

E, para não distrair o condutor, o interior minimalista foi respeitado ao pormenor: o ‘tablier’ tem apenas um velocímetro básico para informar o motorista à velocidade a que ele vai.

Agora há um pequeno detalhe: o ‘roadster’ apenas pode circular em circuito, podendo ser "alugado" para fins publicitários ou mesmo para participar em filmes.

Mas se fizer mesmo questão de ter este bólide a enfeitar a sua garagem, basta contactar a "oficina" para lhe ser dado um valor de venda. Não será barato, podemos já adiantar…

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.