Pesquisa
Actualidade
5 dicas para um Natal sobre rodas
12:02 - 23-12-2018
  22
Cinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodas
Cinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodasCinco dicas para um Natal sobre rodas
Cinco dicas para um Natal sobre rodas

O Natal é uma das alturas do ano em que mais pessoas utilizam os automóveis, seja para visitar a família, para ir de férias ou até para ir ao "shopping" compras as prendas. Como tal, é uma das épocas do ano em que é mais provável ter um acidente, pelo que é obrigatório tomar medidas para reduzir este risco.

E Javier Delgado, engenheiro do departamento de segurança passiva da Seat, mostra-nos cinco coisas que devemos ter em conta durante esta "janela" festiva, ainda que também possam ser aplicados a outras alturas do ano. O modelo usado para as explicações foi o "pequeno" SUV Arona.

Cinco dicas para um Natal sobre rodas

Raspar o gelo dos vidros

Com as baixas temperaturas que se registam nesta altura do ano é mais do que natural que o seu carro fique coberto por uma camada de gelo durante a noite. Como tal, e para que isso não atrapalhe a sua condução, tem de raspar o gelo de todos os vidros antes de arrancar.

Há espátulas especiais para o efeito, assim como líquidos que ajudam a derreter o gelo. É claro que se o seu automóvel tiver um pára-brisas aquecido terá uma tarefa bem mais facilitada.

Retirar casacos e luvas para conduzir

É certo que nesta altura se fazem sentir temperaturas bastante baixas e que obrigam ao uso de enormes casacos e de luvas. Mas dentro do carro deve evitar estar com eles vestidos, pois "dificultam a liberdade de movimento e podem comprometer a sua segurança".

Segundo a Seat, é preferível deixar estas peças de roupa na bagageira e regular a temperatura do habitáculo para uma temperatura de 22 graus.

Saiba como acomodar os presentes na bagageira

Se é uma espécie de pai Natal e gosta de oferecer um presente a toda a gente da sua família, então esta dica é fundamental para si, já que saber arrumar os presentes na mala do carro é muito importante no que à segurança diz respeito.

Importa esclarecer que todas as prendas devem ir na bagageira e não nos bancos de trás do automóvel. Segundo a Seat, uma prenda que fosse no banco de trás e que pesasse 30 kg, transformar-se-ia num volume de 750 kg se travasse de forma brusca enquanto circulava a 50 km/h.

No que toca a acomodar os presentes na mala, deve sempre colocar os mais pesados primeiro e no fundo da bagageira (quanto mais atrás melhor) e só depois os mais pequenos e mais leves.

Como transportar a árvore de Natal

A tradição dos pinheiros de Natal naturais não é tão comum em Portugal como em outros países do Mundo, mas ainda assim há quem prefira um pinheiro "verdadeiro" a uma réplica de plástico.

Se for o seu caso, saiba que antes de o comprar é fundamental estar consciente da sua medida e do tamanho do seu automóvel. A visibilidade nunca pode ser colocada em causa.

"No caso de ser volumoso, transportamo-lo no tejadilho e nunca nos assentos traseiros. É aconselhável situar o tronco na frente e, por norma, a carga não poderá sair (em comprimento) do automóvel mais de 15 por cento".

Para não danificar a cor da carroçaria, deve transportar o pinheiro de Natal nas barras de tejadilho e sempre preso com uma cinta de segurança. Javier Delgado aconselha ainda a conduzir devagar e a evitar auto-estradas.

Use os sistemas de auxílio à condução do seu automóvel

O engenheiro Javier Delgado lembrou ainda a importância que representam os sistemas de auxílio à condução na hora de reduzir o risco de acidente.

"Assistentes como o ‘Front Assist’ podem detectar outros veículos e peões e tornam-se em nossos aliados atrás do volante porque nos permitem evitar uma possível colisão", explicou o engenheiro da Seat.

Desta forma, e ainda que ao condutor seja exigido que conduza com o máximo de atenção e de forma defensiva – deixe uma boa distância de segurança para o automóvel da frente, use e aproveite os sistemas de auxílio à condução do seu automóvel.

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.