Pesquisa
Actualidade
Alfieri será o primeiro Maserati eléctrico!
10:10 - 25-11-2016
  7
Alfieri será o primeiro Maserati eléctrico!
O Alfieri será o primeiro Maserati a receber uma motorização totalmente eléctrica, no início da próxima década. Se já há algum tempo se ouviam rumores de que a marca do tridente pensava na possibilidade de se render à electrificação do automóvel, agora foi a própria Maserati a confirmá-lo: após o lançamento da versão de motor a combustão, o futuro superdesportivo da marca italiana conhecerá também uma variante "emissões zero"!

Alfieri será o primeiro Maserati eléctrico!


Como já aqui tínhamos avançado, o lançamento do Maserati Alfieri, inicialmente previsto para este ano – depois de ter sido antecipado pelo "concept" com o mesmo nome (nas fotos), apresentado no salão de Genebra de 2014 –, foi adiado para 2019 ou 2020. Tratou-se de uma redefinição de prioridades por parte da marca fundada em Bolonha e sediada em Modena.

Assim, a Maserati optou por adiar o lançamento daquele superdesportivo para, antes, até 2018, renovar os GranTurismo e GranCabrio que serão substituídos por novas gerações mais compactas, de forma a serem mais leves para poderem ser mais ágeis e desportivas. Mas, acima de tudo, para conseguirem baixar consumos e emissões, motivo pelo qual versão o tradicional motor V8 ser substituído por um V6 biturbo. Nesta profunda renovação, aqueles modelos passarão também a usar a plataforma comum às berlina Ghibli e Quattroporte e ao SUV Levante.

Terminada a renovação da gama (o actual plano de produto termina precisamente em 2018), a Maserati poderá, então, concentrar-se no seu "crème de la crème", o Alfieri, para o qual deverá construir uma nova plataforma. É até muito provável que seja projectado um chassis já com capacidade para suportar os componentes de uma mecânica eléctrica, contornando assim a complexidade e custos da adaptação a uma plataforma originalmente concebida para um motor a combustão.

Uma coisa é certa: o primeiro Maserati Alfieri a aparecer terá na frente o motor V6 biturbo, numa versão de potência acrescida. Só um a dois anos depois, previsivelmente em 2020 ou 2021 deverá aparecer… o tridente eléctrico!
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.