Pesquisa
Actualidade
ACP e ACAP já reagiram ao estudo dos diesel: “não tem qualquer interesse”
16:19 - 14-01-2020
 
ACP e ACAP já reagiram ao estudo dos diesel: “não tem qualquer interesse”

O Automóvel Club de Portugal (ACP) e a Associação de Comércio de Automóveis de Portugal (ACAP) já reagiram aos resultados do estudo da Federação Europeia dos Transportes e Ambiente (T&E), que concluiu que "as emissões poluentes emitidas pelos novos veículos a gasóleo atingem níveis mil vezes acima dos valores normais".

Os resultados do estudo foram divulgados esta segunda-feira pela associação ambientalista ZERO, que faz parte da T&E. Em causa os testes realizados com base em dois dos modelos mais vendidos na Europa: o Nissan Qashqai e o Opel Astra. Em comunicado, a instituição sublinha que, nos "testes realizados em dois dos veículos mais vendidos na Europa, a poluição dos novos veículos a gasóleo atinge níveis mil vezes acima dos valores normais".

Carlos Barbosa, presidente do ACP, em declarações à Rádio Renascença, já reagiu ao estudo e diz que "não tem qualquer interesse".

"Os estudos que nós temos, quer na Federação Internacional Automóvel, quer nas comissões de sustentabilidade, mostram precisamente o contrário, por isso este estudo para mim não tem qualquer tipo de interesse", referiu Carlos Barbosa, que não poupou nas críticas ao estudo em causa: "Não diz onde foi feito o estudo, quem o fez ou como foi feito".

Também a ACAP já reagiu às conclusões deste estudo, considerando que se trata apenas de "uma questão de diabolização dos automóveis, em particular dos Diesel". Em declarações à Rádio Renascença, Hélder Barata Pedro, da ACAP, afirmou ainda que "o Diesel emite menos 15% de CO2 do que a gasolina".

"Eles dão como descartável esta situação e estão sempre a diabolizar o Diesel, contudo, as pessoas transferem-se não para os eléctricos mas para os carros a gasolina", acrescentou Hélder Barata Pedro.

Carlos Barbosa, do ACP, afirmou ainda que acredita que a queda dos Diesel vai parar e aponta a "culpa" aos híbridos plug-in a gasóleo.

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
JohnD.   18:43 - 16-01-2020
VOTAR
Carlos Barbosa (ACP) e Helder Barata Pedro (ACAP) chegaram-se à frente, talvez, a pedido das próprias concessionárias porque devem ser altamente influenciados por elas, em especial Helder Pedro que, faz parte da Associação de Comerecio de Automoveis de Portugal. Deveriam estar calados.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Eduardo Castro   07:18 - 16-01-2020
VOTAR
a bmw a volksuaguen e a renault baixaram os preços deve estar relacionado com as baterias
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.