Pesquisa
Actualidade
Abertas candidaturas à compra de veículos eléctricos com incentivos do Estado
18:29 - 10-03-2020
 
Abertas candidaturas à compra de veículos eléctricos com incentivos do EstadoAbertas candidaturas à compra de veículos eléctricos com incentivos do EstadoAbertas candidaturas à compra de veículos eléctricos com incentivos do EstadoAbertas candidaturas à compra de veículos eléctricos com incentivos do EstadoAbertas candidaturas à compra de veículos eléctricos com incentivos do EstadoAbertas candidaturas à compra de veículos eléctricos com incentivos do Estado
Abertas candidaturas à compra de veículos eléctricos com incentivos do EstadoAbertas candidaturas à compra de veículos eléctricos com incentivos do EstadoAbertas candidaturas à compra de veículos eléctricos com incentivos do EstadoAbertas candidaturas à compra de veículos eléctricos com incentivos do EstadoAbertas candidaturas à compra de veículos eléctricos com incentivos do EstadoAbertas candidaturas à compra de veículos eléctricos com incentivos do Estado

Quem já adquiriu ou está a pensar comprar um veículo 100% eléctrico, há boas notícias. Os incentivos do Estado para a aquisição deste tipo de viaturas somam 4 milhões de euros, dos quais 2,1 milhões destinam-se a apoiar os particulares.

O despacho que regulamenta o Incentivo pela Introdução no Consumo de Veículos de Baixas Emissões do Fundo Ambiental, publicado esta terça-feira em Diário da República, compreende ainda um incentivo de 400 mil euros para a aquisição de bicicletas e motas eléctricas, e de velocípedes convencionais sem motor.

No que aos particulares diz respeito, os 2,1 milhões de euros disponíveis compreendem um apoio máximo de 3.000 euros por carro, estando as candidaturas limitadas a 700 veículos 100% eléctricos.

Do lado das empresas, os apoios até 300 viaturas resumem-se a 2.000 euros, no máximo, estando as candidaturas reduzidas à compra, no máximo, de quatro veículos.

Em qualquer uma das situações, o valor máximo do automóvel em questão não pode ultrapassar os 62.500 euros para o candidato beneficiar do incentivo.

Quanto aos veículos ligeiros de mercadorias, quer o particular, quer a empresa, podem concorrer a um apoio que não ultrapasse os 3.000 euros, sendo de 300 o número de viaturas apoiadas.

Este ano, o Governo avançou com uma verba distinta, no valor de 350 mil euros, para a aquisição de bicicletas, motociclos, ciclomotores e bicicletas de carga eléctricos.

A cada candidatura irá caber um apoio até 50% do preço de cada veículo, com o tecto máximo de incentivo a não ultrapassar os 350 euros.

A "concurso" irá estar a compra até mil veículos com estas características, com as empresas a poderem apresentar até quatro candidaturas,

Se o candidato optar antes por uma bicicleta movida apenas a pedais, saiba que existe um "bolo" de 50 mil euros para a sua compra.

Com um apoio máximo a 500 candidaturas, o incentivo único até 100 euros incide sobre 10% do valor da bicicleta.

Será pela ordem de entradas das candidaturas que serão concedidos os apoios, podendo os candidatos apresentarem pedidos de incentivo para viaturas 100% eléctricas adquiridas a partir de 1 de Janeiro deste ano.

De assinalar que o candidato pode aceder a incentivos de mais do que uma categoria de veículos em simultâneo.

A título de exemplo, poderá candidatar-se a um apoio para a compra de uma viatura eléctrica e a uma bicicleta sem prejuízo para ambas as candidaturas.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.