Pesquisa
Actualidade
18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter
16:22 - 12-10-2016
  34
18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter
18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter
18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter
Há sonhos mais realistas do que outros, uns porque estão a vários milhões de euros de distância e outros porque parecem impossíveis antes mesmo de começar.

Foi o caso do sul-coreano Jae Yeong Lee, que não só sonhava conhecer o circuito de Nurburgring Nordschleife como queria cumprir uma volta à pista na sua Honda Super Cub de 110cc e que debita uns impressionantes 8 cv de potência.

Como se isto não fosse o suficiente para "travar" a euforia de muita gente, Lee ainda tinha um "handicap" maior, é que a sua cidade natal, Seul, fica a uns "meros" 18 mil quilómetros de distância da cidade de Nurburg.

Mas nada disto quebrou a vontade de Lee, que se fez à estrada, atravessando a Ásia e a Europa até chegar ao "Inferno Verde", onde foi acolhido de braços abertos pelos visitantes regulares do circuito alemão, que quando souberam da história da viagem (e sobretudo do facto de ter que parar de 150 em 150 km para meter combustível) ficaram tão incrédulos como nós.

Mas um destes visitantes regulares do circuito, conhecido por "Thilo", levou Lee a dar uma volta ao "Ring" no seu SEAT Leon Cupra, deixando o sul coreano de sorriso na cara, como aliás se pode ver no vídeo abaixo.

18 mil km para dar volta ao Nurburgring de scooter


Porém, o sonho de Lee só ficou completo quando deu uma volta à pista na sua Honda Super Cub. Deixando de fora os quase 50 quilos de bagagem (onde se incluíam uma tenda, roupa e comida), Lee
esperou que todos os automóveis saíssem e entrou para a volta da sua vida, sozinho, ele e a sua scooter, a 120 km/h pelos mais de 20 km e 73 curvas de Nurburgring.

E mesmo que esta tenha sido uma das voltas mais lentas da história do traçado germânico, certamente que será uma memória da qual Lee nunca se vai esquecer.

Provavelmente para uma aventura destas era melhor optar por um automóvel e certamente que uma vez no circuito, ninguém se ficaria só por duas voltas. Mas uma coisa é certa. Basta ver as imagens da viagem de Lee para perceber que no final, era um homem feliz!
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.