Pesquisa
Ensaio
X7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMW
17:21 - 01-02-2020
 
X7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMW
X7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMWX7 M50d: guiámos o SUV mais caro da BMW

Pegar num SUV de proporções gigantescas e com cerca 2500 quilos e dar-lhe uma dinâmica desportiva sem comprometer o conforto a bordo é uma tarefa que tem tanto de difícil como de desnecessária. Mas o departamento "M Performance" da BMW aceitou a tarefa e criou um verdadeiro "monstro".

Foi assim que nasceu este BMW X7 M50d, um SUV de tamanho XXL que se revelou uma fantástica surpresa. De forma muito resumida, e antes de explicar todos os motivos, posso já dizer-lhe que este foi um dos automóveis que mais me surpreendeu nos últimos meses.

Palmas para a BMW M Performance

Esperava um modelo pouco intenso e com uma dinâmica apurada, afinal estamos a falar de cerca de 2.5 toneladas de peso e de mais de 5.15 metros de comprimento. Mas não podia estar mais enganado. O X7 M50d revelou-se uma verdadeira obra de engenharia: enorme poder de explosão, dinâmica apurada e uma suspensão que ainda nos deixa saudades…

É difícil imaginar um carro deste tamanho (e com este peso…) a curvar tão rápido e com um poder de disparo que nos deixa colado ao banco, mas foi isso que acabámos por fazer durante grande parte do ensaio a este "Super SUV".

Uma das grandes responsáveis por tudo isto é a fantástica plataforma CLAR, muito rígida e com um peso muito controlado, já que usa aço de elevada resistência, alumínio e fibra de carbono. A isto ainda se junta uma suspensão de triângulos duplos na dianteira e "multi-link" na traseira, sendo que ambos os casos há um sistema pneumática que permite variar a altura e a capacidade de amortecimento.

Parte da eficácia deste "monstro" explica-se com o que escrevi no parágrafo acima, sendo que em modo "Sport", e depois de entrar em curva a velocidades mais elevadas, praticamente não se sente o rolamento da carroçaria. Mas há mais: a electrónica!

A distribuição de binário pelos dois eixos é controlada electronicamente, de acordo com as exigências, com o sistema de tracção integral xDrive a fazer um trabalho notável. Mais uma vez, e sem querer repetir-me, este BMW X7 M50d consegue acompanhar facilmente o andamento de um desportivo, desafiando quase sempre as leis da física.

400 cv à disposição do pé direito

O comportamento dinâmico é assinalável e foi uma das coisas que mais gostei neste X7 "vitaminado", mas o motor não lhe fica atrás: debaixo do capot está a versão mais potente do motor 3.0 diesel da BMW, conhecido internamente pelo nome de código "B57S".

Este bloco, com uma arquitectura de seis cilindros em linha - tal como manda a tradição da marca de Munique, produz 400 cv de potência às 4400 rpm e 760 Nm de binário entre as 2000 e as 3000 rpm. 

A potência é enviada às quatro rodas através de uma caixa automática de 8 velocidades que consegue levar estes 2440 quilos de massa dos 0 aos 100 km/h em apenas 5,4 segundos, com a velocidade máxima a estar limitada aos 250 km/h.

Com uma condução minimamente controlada, sobretudo em auto-estrada, é possível conseguir consumos na ordem dos 11l/100 km, mas em estrada aberta, e quando queremos desfrutar da mecânica e da tecnologia que temos nas mãos, é muito fácil ir aos 16 litros.

Luxo e requinte em doses industriais 

Com um preço base de 145.500 euros, seria de esperar que dentro deste X7 M50d iríamos encontrar tudo o que de melhor a BMW sabe fazer. E de facto foi isso que aconteceu. Se a imagem exterior não é unânime, muito por culpa da enorme grelha dianteira - o maior duplo-rim da história da marca, o desenho do habitáculo merece rasgados elogios.

A versão que conduzimos contava com uma configuração de seis lugares (também disponível com 5 ou 7) e com cerca de 32 mil euros de opcionais. Tudo foi levado ao extremo e talvez por isso tenhamos ficado com a sensação de que este X7 M50d é ainda mais confortável que o BMW Série 7.

As enormes poltronas dianteiras com função de massagem são tão confortáveis quanto o melhor que se faz na indústria e isso, juntamente com o rendimento da suspensão, encorajou-me a levar este X7 num teste mais longo, conduzindo mais de 1000 quilómetros em auto-estrada em apenas um fim-de-semana. 

Foi uma experiência impressionante e serviu para me provar que é em auto-estrada ou em estrada aberta que este X7 M50d faz mais sentido. Fuja da cidade com ele. Navegar entre o trânsito ou tentar estacionar é um verdadeiro pesadelo.

Com um preço de 173.800 euros (a versão que ensaiámos) e com um IUC de 792 euros, é difícil encontrar espaço para este modelo no mercado português, mesmo que me tenha impressionado desde o momento em que o liguei pela primeira vez até à altura em que o entreguei. Mas se quiser um SUV em tamanho XXL, luxuoso e com o andamento de um desportivo, não há muito melhor…

Ficha Técnica

Motor: 6 cilindros em linha de 3.0 litros
Cilindrada: 2993 cc
Potência Máxima: 400 cv (4400 rpm)
Binário Máximo: 760 Nm (2000 - 3000 rpm)
Velocidade Máxima: 250 km/h
0-100 km/h: 5,4 s
Consumo Médio: entre 9,0 e 9,5 l/100 km
Emissões CO2: entre 234 e 248 gr/km

Preço desde: 145.500 euros

Versão ensaiada: 173.800 euros

IUC: 792 euros

+Dinâmica: Comportamento dinâmico é impressionante para um automóvel com 2.5 toneladas de peso

- Opcionais: A lista de opcionais é extensa e cara. A versão que conduzimos tinha 32 mil euros de extras…

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.