Pesquisa
Ensaio
Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949
09:03 - 07-10-2018
 
Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949
Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949Land Rover Series I: guiámos um “novo” modelo produzido em 1949

O Projecto Reborn "é uma iniciativa que dá a fantástica oportunidade aos clientes de comprarem ícones valiosos e coleccionáveis", afirmou Tim Hannig, director da Jaguar-Land Rover Classic. O departamento de automóveis históricos do Grupo britânico é capaz de ajudar qualquer cliente a restaurar um veículo da marca, mas também oferece modelos do passado, reconstruídos, por um preço estabelecido.

Especialistas procuram modelos com condições para serem reconstruídos. "No caso dos Land Rover Series I, é muito difícil encontrá-los no Reino Unido", afirmou-nos um engenheiro ligado ao processo. "A maioria dos modelos está muito oxidada e num estado que condiciona uma recuperação onde pretendemos reutilizar entre 70 e 80 por cento dos componentes originais. Os que não podem ser recuperados são substituídos por peças da época ou produzidas de acordo com as especificações originais", acrescentou.

Muitos dos modelos dos primeiros anos de vida do Land Rover "são adquiridos na Austrália, onde um clima mais seco ajudou a preservá-los", afirmaram-nos. Foi dos antípodas que chegou o Series I, que tivemos oportunidade de conduzir.

"O restauro pode levar cerca de 18 meses e, no final, cada modelo tem tudo a ver com as características que oferecia quando saiu da fábrica", disse-nos Tim Hannig. "Este processo está a ter um grande sucesso e pensamos poder produzir entre 15 e 18 modelos por ano", acrescentou o responsável pela operação.

Nós estamos habituados a conduzir as últimas novidades da indústria automóvel, as propostas mais inovadoras, mais potentes e mais eficazes. Recuar no tempo e guiar modelos do passado, como o Range Rover de 1978 que descobrimos há pouco tempo, é interessante. Mas conduzir um modelo produzido muitos anos antes de termos nascido, foi um desafio empolgante e gostámos..

É necessário fazer o "reset" de todas as formas como costumamos abordar um automóvel. Este Land Rover Serie I de 1949 é uma peça de museu. O seu motor com 1.595 cc debita uns "impressionantes" 53 cv e o binário chega aos 137 Nm às 2.000 rpm.

Andar, anda... Mas com calma! O conforto é o possível com uma suspensão de molas elípticas, que filtra como pode as irregularidades do piso, sem limitar o adornamento da carroçaria em curva. Mas isso nem é muito grave num veículo que, "na loucura", pode chegar aos 90 km/h. Os travões apenas servem para reduzir a velocidade.

A direcção dá vontade de rir. É necessário ir muito longe na rotação do volante, para sentir que as rodas começam a reagir e os impactos nos pneus dianteiros são transmitidos directamente às mãos do condutor.

A caixa de quatro velocidades exige cuidados a que não estamos habituados. Nesse tempo não havia sincronismo e o ferro que se estende do túnel central em direcção ao condutor não ajuda à precisão dos movimentos. Mas com a habituação as coisas ficam mais fáceis na passagem para a velocidade acima, e uma "dupla", aumentando a rotação para engrenar "uma a baixo," minimiza a dificuldade.

Este Land Rover Series I é jurássico. Vale a pena?... A resposta é um veemente SIM, apesar de estarmos a falar de um veículo com cerca de 70 anos.

É uma viagem no tempo, uma forma de desfrutar hoje o prazer oferecido por um veículo que ontem era capaz de ultrapassar os piores caminhos com a sua tracção total permanente e a opção de "redutoras". Hoje em dia, isso acontece com um botão e tudo é imediato. Neste modelo, é uma engrenagem de rodas dentadas em metal, um acoplamento onde o condutor pode sentir o choque do metal contra metal.

O habitáculo é mais do que espartano e isso é natural num veículo pensado para responder às necessidades de utilização no campo e por agricultores. Mas há um interruptor para o indicador de direcção no volante e, se não há ar condicionado, é possível abrir entradas de ar sob o vidro dianteiro para refrigerar o interior.

Ninguém tem necessidade de um automóvel clássico como este Land Rover Series I, mas há muita boa gente que aprecia viajar no tempo e desfrutar de propostas do passado. Para eles, o Projecto Reborn abre as portas para novos horizontes. Mas tudo tem um preço, e o modelo que ensaiámos custa cerca de 90 mil euros...

Ficha técnica

Motor: 1.6 diesel
?Cilindrada: 1.595 cc  
Potência máxima: 53 cv/4.000 rpm
?Binário máximo: 137 Nm/2.000 rpm  
Velocidade máxima: 90 km/h  
0 a 100 km/h: não indicado
Consumo médio: não indicado 
Emissões de CO2: não indicado 
Preço do modelo ensaiado: 90.000 €

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.