Pesquisa
Ensaio

Jaguar XE-S para famílias apressadas

15:24 - 29-06-2016
  3
Jaguar XE-S para famílias apressadas Jaguar XE-S para famílias apressadas Jaguar XE-S para famílias apressadas Jaguar XE-S para famílias apressadas Jaguar XE-S para famílias apressadas Jaguar XE-S para famílias apressadas Jaguar XE-S para famílias apressadas Jaguar XE-S para famílias apressadas Jaguar XE-S para famílias apressadas
Jaguar XE-S para famílias apressadas Jaguar XE-S para famílias apressadas Jaguar XE-S para famílias apressadas Jaguar XE-S para famílias apressadas Jaguar XE-S para famílias apressadas Jaguar XE-S para famílias apressadas Jaguar XE-S para famílias apressadas Jaguar XE-S para famílias apressadas Jaguar XE-S para famílias apressadas
Os portugueses só pensam em motores diesel, mas para quem não necessita de muito espaço, faz muitos quilómetros por ano e aprecia o carácter desportivo de um automóvel familiar, vale a pena equacionar hipóteses como o Jaguar XE-S.

Tem 4,67 metros de comprimento e uma carroçaria com uma volumetria próxima de um BMW Serie 3 ou de um Mercedes Classe C. Numa gama de motores onde não faltam propostas, as opções diesel são as mais interessantes para quem o preço é a prioridade e um motor diesel uma necessidade. A gama XE tem várias opções com base no bloco de quatro cilindros com 2.0 litros de cilindrada e 163, 180 ou 200 cv. Podem perder ao nível das performances, mas são elásticos a baixo regime. A Jaguar propõe vários níveis de equipamento e diversos opcionais apesar ser mais pródiga do que as alemãs ao nível das propostas de série.

Mas para quem quer mais, o XE-S é uma grande alternativa. Utiliza o mesmo motor V6 a gasolina que surge no coupé F-Type. Debita 3490 cv e tem acoplada uma caixa automática de oito velocidades que potencia o seu rendimento, garantindo performances elevadas.

A estrutura do Jaguar XE é maioritariamente realizada em alumínio, o que permite reduzir o peso, o que paga dividendos ao nível das performances, mas também na redução do consumo e das emissões. Para além disso garante uma grande rigidez estrutural, que contribui para optimizar o comportamento dinâmico.

Começa por ser um familiar com elevados padrões de conforto graças a um sistema adaptativo de gestão eléctrica da suspensão, proposto de série, que também é capaz de sublinhar o seu temperamento desportivo. Os consumos têm muito a ver com o pé direito do condutores porque se é possível realizar médias na casa dos 9 l/100 km, não é difícil ultrapassar os 10 l/100 km.

Temos assim o melhor de dois mundos. Por um lado um dinamismo que vai ao encontro do prazer de condução e por outro as respostas às exigências da família. A carroçaria é elegante, mas o habitáculo tem um aspecto mais sóbrio. O espaço para os ocupantes dos bancos traseiros não é uma referência, mas está alinhado com as propostas da concorrência.


FICHA TÉCNICA

 Motor 3.0 V6
Cilindrada 2 995 cc
Potência máxima 340 cv/6 500 rpm
Binário máximo 450 Nm/4 500 rpm
Velocidade máxima 250 km/h
0 a 100 Km/h 5,2 s
Consumo médio 8,1 litros/100 km
Emissões CO2 194 g/km
Preço estimado 74 214 €

+ CARACTER. É um desportivo para quem não se esquece das necessidades familiares.
- IMAGEM. O nome assusta muita gente, mas o XE tem preços alinhados com os concorrentes. 

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.