Pesquisa
Ensaio

Já guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custa

11:29 - 03-03-2022
 
Já guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custa
Já guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custaJá guiámos a Volkswagen Multivan; saiba quanto custa

Já está disponível para encomenda a nova Volkswagen Multivan, um dos modelos em que a marca alemã mais aposta num segmento de monovolumes com cada vez menos propostas. 

Apresentada esta quarta-feira em Cascais, esta sétima geração quer replicar o sucesso que marcou a "pão de forma" original, mas em jeito de substituição do Volkswagen Sharan. 

O Aquela Máquina já teve um primeiro contacto ao volante desta carrinha que pretende atrair os adeptos dos monovolumes e dos SUV de sete lugares. 

Na auto-estrada, assume-se como uma Classe 1 no pagamento das portagens desde que equipada com Via Verde. 

E, para tornar a proposta mais atractiva, variante híbrida plug-in está integrada no primeiro escalão de tributação autónoma de 10%. A entrada na gama, com o equipamento Life, custa 34.990 euros, a que se soma o IVA. 

Construída de raiz 

Se a arquitectura do modelo tem sido comum nas variantes de mercadorias (Transporter) e de passageiros, desta vez tudo se altera. 

Com um desenvolvimento próprio, a Multivan é construída sobre a plataforma modular MQB do grupo Volkswagen. 

A carrinha chega ao nosso mercado com motorizações a gasóleo e híbrida plug-in, com as variantes 100% a gasolina a chegarem numa fase posterior.

Life e Style são os níveis de equipamento propostos, com a Enegertic a ser a edição especial para o lançamento do modelo. 

A estética e as características de condução da Volkswagen Multivan, mais em linha com um carro de passageiros de grande porte, torna-a uma alternativa aos SUV de sete lugares. 

A versão standard tem 4.973 mm de comprimento por 1.941 mm de altura e 1.907 mm de altura.

A variante longa tem mais 200 mm para chegar aos 5.173 mm, com implicação directa na capacidade da bagageira e nas suas próprias funções, mais dirigidas à actividade profissional.

A distância entre eixos chega aos 3.124 mm, com a capacidade da bagageira a variar entre 469 litros e 3.710 litros com os bancos rebatidos. Na versão longa, estes números crescem para os 763 e 4.053 litros, respectivamente. 

A evolução em relação à antecessora T6.1 é visível a todos os títulos, a começar pela terceira fila de três assentos individuais em vez do tradicional banco corrido. 

Montados sobre calhas deslizantes, os bancos das duas filas de trás podem ser retirados ou voltados para ser criado um pequeno salão móvel na parte traseira. 

As mesmas calhas permitem que a mesa/consola central seja colocada entre qualquer uma das três filas de bancos.

A digitalização a bordo e a ligação com o exterior é uma realidade, reflectidas no ecrã táctil de infoentretenimento de dez polegadas, e no painel de instrumentos digital. 

E, no que respeita à segurança activa e apoio à condução, dispõe de série, em todas as variantes, dos sistemas mais evoluídos do momento. 

Entre eles contam-se o cruise control com limitador de velocidade, sendo opcional a condução semi-autónoma IQ.Drive Travel Assist de nível 2. 

Sistema automático de travagem pós-colisão, front assist com travagem de emergência e monitorização de peões e ciclistas, e leitura de sinais de trânsito também são de série.

Duas motorizações na primeira fase 

A Volkswagen Multivan entra no mercado nacional com motorizações a gasóleo e híbrida plug-in, para numa fase posterior chegar a variante 100% a gasolina. 

A Multivan eHybrid dispõe de um bloco a gasolina 1.4 TSI de 150 cv e 250 Nm, aliado a um propulsor eléctrico de 85 kW (116 cv) e 330 Nm. 

A potência combinada chega aos 218 cv e o binário aos 350 Nm, com a bateria de 13 kWh a oferecer uma autonomia superior a 50 quilómetros em condução 100% eléctrica.

Apoiada pela transmissão automática de dupla embraiagem DSG de seis velocidades, o consumo combinado ronda os 1,8 litros por cada 100 quilómetros. 

A versão a gasóleo está equipada com o motor 2.0 TDI de 150 cv de potência, acoplado a uma caixa automática DSG de dupla embraiagem com sete velocidades. 

Ambiente sedutor 

Em termos visuais, a nova Multivan surpreende pelas suas linhas modernas, bem longe da austeridade da anterior versão T6.1, que se manterá como veículo comercial. 

A nova plataforma permitiu aumentar a rigidez da carrinha em 50%, o que facilita a condução face aos 2.120 quilos que pesa a variante eHybrid com o nível de equipamento Energetic que o Aquela Máquina conduziu.

A bordo, "descubro" um novo tabliê com um desenho moderno, onde se apoiam o painel de instrumentos digital de 10,25 polegadas e o ecrã táctil multimédia de dez polegadas. 

Entre ambos, está o comando para seleccionar os modos de condução, em vez de estar localizado na consola central como é vulgar acontecer. 

Na traseira, os passageiros entram na Multivan através de duas portas e sentam-se em sete bancos independentes que são fáceis de deslizar e rebater.

Há também uma consola deslizante, com prateleiras retrácteis e vários espaços de arrumação. 

Condução agradável e eficaz 

Como é óbvio, o espaço a bordo é impressionante: a Multivan assume-se mesmo como o veículo para fazer longas viagens com uma família grande.

Apesar dos quase cinco metros de comprimento desta variante standard, o raio de viragem é muito curto, o que facilita as manobras mais complexas como o estacionamento. 

A ergonomia geral é bem pensada, e os mostradores são muito legíveis e muito intuitivos na sua selecção. A direcção assistida é muito suave, reforçada por uma suspensão bastante confortável e bem amortecida. 

Já em estrada aberta, a condução é impecável e, em vias secundárias, o chassis destaca-se pelo seu bom equilíbrio. 

A mecânica híbrida não carece de potência, e os 350 Nm de binário tornam esta carrinha viva, desde que não esteja com a lotação completa.

A caixa automática DSG de seis relações é muito rápida nas engrenagens, o que ajuda a manter o seu dinamismo. 

E, mesmo que o motor se faça ouvir quando é colocada muita pressão, no geral a Multivan beneficia de um bom isolamento acústico. 

Existem vários modos de condução seleccionáveis e as travagens regenerativas permitem recuperar alguma energia para a bateria. 

Os consumos mantiveram-se em redor dos três litros por cada 100 quilómetros em modo híbrido mas, esgotada a bateria, pode chegar aos oito litros a velocidades moderadas.

Os "auxiliares" de condução mantiveram a Multivan centrada de forma eficaz na sua faixa, e abranda o necessário quando se aproxima de curvas ou saídas de via graças à sua função preditiva. 

E mesmo quando é necessário calcar o pedal de travão, as travagens mostraram-se suficientemente eficazes. 

Em jeito de conclusão, a Volkswagen Multivan é uma boa alternativa para quem tem famílias numerosas. A estética geral é muito elegante e o interior muito luminoso graças às grandes janelas e ao tejadilho panorâmico, que é de série.

Versão Preço
Life 1.5 TSI DSG 50.051 euros
Life 2.0 TSI DSG 56.129 euros
Life 2.0 TDI DSG 57.762 euros
Life PHEV DSG 56.285 euros
Life (Longa) 1.5 TSI DSG 51.544 euros
Life (Longa) 2.0 TSI DSG 57.685 euros
Life (Longa) 2.0 TDI DSG 59.354 euros
Life (Longa) PHEV DSG 57.578 euros
Style 2.0 TSI DSG 63.405 euros
Style 2.0 TDI DSG 65.021 euros
Style PHEV DSG 62.871 euros
Style (Longa) 2.0 TSI DSG 64.961 euros
Style (Longa) 2.0 TDI DSG 66.594 euros
Style (Longa) PHEV DSG 64.360 euros
Energetic PHEV DSG 59.690 euros

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

 

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
comentário mais votado
Jose Macedo   13:53 - 03-03-2022
Perdeu originalidade. E mais uma entre outras.
Jose Macedo   13:53 - 03-03-2022
VOTAR
Perdeu originalidade. E mais uma entre outras.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.