Pesquisa
Ensaio

Ao volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomia

09:47 - 10-12-2017
  145
Ao volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomia
Ao volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomiaAo volante do BMW i3 94Ah agora com maior autonomia

Os automóveis eléctricos têm vindo a fazer o seu caminho, a passar pelo seu "crescimento", melhorando a tecnologia a cada ano que passa, aumentando também a sua aceitação. Em especial, à medida que a autonomia vai crescendo, pouco a pouco, para níveis que começam a satisfazer a utilização diária de várias pessoas.

O BMW i3, que rapidamente ganhou popularidade entre os defensores da mobilidade eléctrica, também recebeu uma bateria mais poderosa que lhe permite fazer mais quilómetros. Ficando, por isso, mais atractivo para os que buscam uma alternativa de "emissões zero".

DESIGN. A BMW quis que a gama eléctrica – da "família i" – tivesse uma personalidade muito própria, não se confundisse, de forma alguma, com os seus modelos convencionais. O i3, para mais, tem carácter e dimensões de citadino como não encontramos em qualquer outro BMW, o que também permitiu desenhar algo de totalmente diferente. Ao princípio foi um choque para os fãs da marca de Munique mas, quatro anos passados sobre o seu lançamento, as formas e as linhas invulgares já se "entranharam", em especial aquela linha de cintura com o tão característico "desce-e-sobe".

Em relação ao carro que ensaiámos, é de referir que a BMW está mesmo para lançar no mercado uma ligeira alteração que, de tão pequena, nem se pode denominar de "restyling": basicamente, o pára-choques dianteiro tem um desenho levemente distinto, recebendo uns faróis de nevoeiro horizontais, em vez dos redondos que se vêem nesta imagens.

HABITÁCULO. É incontornável começar por falar no acesso, pelas portas de abertura antagónica, o que permite que as traseiras (que incluem o pilar B) tenham uma dimensão mais pequena. Facilita a entrada aos lugares traseiros, é verdade, mas complicam muito a funcionalidade em determinadas situações, pois não são operáveis sem a abertura das da frente. O que não dá jeito nenhum quando se vai buscar um filho à escola ou quando apenas se quer dar uma boleia a um segundo passageiro, por exemplo.

O interior é extremamente simples, quase num "design" nórdico e a sua típica imagem depurada mas de extrema elegância. O que também contribui para a facilidade de condução, já que há poucos comandos espalhados pelo habitáculo, a caixa está num manípulo junto do volante e muitas funções estão concentradas no comando iDrive, como é habitual nos outros BMW. O espaço atrás é bastante bom mas, atenção, a lotação deste i3 é só para quatro, ou seja, o banco traseiro só tem lugar para dois.

Interessantes são os materiais utilizados no interior – embora esta unidade já não tivesse as aplicações em madeira do i3 original… –, mantendo até à vista algumas das partes em fibra de carbono (plástico reforçado com fibra de carbono, para sermos mais exactos) usada na construção de toda a estrutura do carro. Esta unidade contava com o "pack" Comfort Advanced que, entre outras coisas, conta com volante multifunções, sensores de chuva e luz, ar condicionado automático, "cruise control" com travagem de emergência e sistema de navegação Professional. Que inclui um serviço "online" com informações várias, nomeadamente notícias que podem ser seleccionadas e… lidas em voz alta.

MOTORES. A novidade deste i3 que recebe a nomenclatura suplementar de 94 Ah é precisamente a bateria de maior capacidade com os tais 94 Ah, com que anuncia maior autonomia. O motor é um normal eléctrico síncrono que debita um máximo de 125 kW (o equivalente a 170 cv), com 250 Nm de binário assim que se toca no acelerador.

A bateria de iões de lítio tem agora uma capacidade útil de 27,2 kWh e pode ser carregada de três formas distintas: numa tomada caseira de 16 A demora quase dez horas para uma carga completa; tempo que se reduz a 3,5 horas numa "wall box" específica mas que se pode montar numa garagem; em postos de carregamento rápido, a bateria chega aos 80% da carga em menos de 45 minutos.

AO VOLANTE. Não tenhamos problemas de autonomia e poderemos gozar a condução do BMW i3 com tudo o que tem para nos dar! A aceleração é fantástica, pelo menos até aos 120 km/h não há automóveis utilitários ou familiares que o apanhem, naquela "cavalgada" ininterrupta, pois nem há os "soluços" habituais das trocas de mudanças. É uma força constante que consegue acelerá-lo em apenas 7,3 s até aos 100 km/h, a que corresponde depois uma capacidade de curvar de que nunca suspeitaríamos, ao ver aqueles pneus estreitinhos em grandes rodas (155/60 R20 à frente, 175/55 R20 atrás).

Mas as baterias colocadas no chão do carro fazem com que o centro de gravidade fique muito baixo, dando-lhe uma insuspeita estabilidade, ajudada por uma suspensão seca, mas que nem sempre é muito confortável. Não estamos a dizer que seja um desportivo ou um "mini-GTI", mas que se mexe muito bem e que consegue dar um grande gozo de condução, lá isso é verdade. Quem disse que os eléctricos não podiam ser divertidos de guiar?!

Além da aceleração, este i3 tem outra característica que o torna diferente de guiar de todos os outros automóveis eléctricos: a capacidade de regeneração da energia de travagem está afinada de tal forma que basta levantar o pé do acelerador para o carro travar. Aliás, os "stops" acendem mesmo que não se toque nos travões, tão forte é a desaceleração! Numa condução tranquila consegue até guiar-se praticamente sem tocar no travão, desde que se antecipe o que vai acontecer com o tráfego que nos precede.

E é esse o segredo para ir prolongando a autonomia deste i3, colocando o sistema de regeneração de energia a recarregar as baterias sempre que possível. Claro que esse nível de regeneração também varia em função do modo de condução escolhido. De entre três: Comfort, Eco Pro e Eco Pro+. Este último é o que permite maior autonomia, mas com as limitações de velocidade aos 90 km/h e de não usar climatização.

A BMW diz que, numa utilização normal diária, o i3 pode ter uma autonomia de 200 km. A nossa experiência confirma que a marca de Munique não só tem razão como, se se tiver algum cuidado e se se rodar mais tempo no modo Eco Pro+, até se conseguem fazer mais alguns quilómetros. O problema da BMW é que 200 km já é uma autonomia curta quando comparado para o que anunciam (e conseguem) alguns dos concorrentes de marcas generalistas, como o Renault Zoe ou o novo Nissan Leaf…

Não deixa, contudo, de ser um valor mais que suficiente para o que a maior parte das pessoas percorre no dia-a-dia… desde que não se entusiasme com o dinamismo entusiasmante do BMW i3. Depois, também é verdade que o carro é caro, nem propondo a hipótese do aluguer das baterias para ficar mais em conta. Mas, atendendo à escalada recente (e que parece estar para se agravar) do preço da gasolina e gasóleo, a opção eléctrica vai fazendo cada vez mais sentido!

Ficha técnica

Motor Eléctrico, síncrono

Potência máxima 125 kW (170 cv) /4.800 rpm

Binário máximo 250 Nm

Velocidade máxima 150 km/h 

0 a 100 km/h 7,3 s

Consumo médio 13,1 kWh/100 km 

Preço desde 42.710 €

Preço versão ensaiada 46.040 € 


+ ACELERAÇÕES. Fazendo jus à fama da marca, até o eléctrico da BMM tem características desportivas, com um "disparo" que o torna imbatível quando o semáforo ficar verde. Desde que não haja preocupações com a autonomia… 

- FUNCIONALIDADE. É uma imagem diferenciadora, mas as portas de abertura antagónica têm mais desvantagens que vantagens... Há ocasiões em que aquilo de a porta traseira não se abrir sem se abrir a dianteira não dá mesmo jeito nenhum.

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.