Pesquisa

Pesquisar Efemérides

Não foi encontrado efemérides para o dia selecionado
Efemérides
11 de Julho de 1899: Parabéns à Fiat
00:01 - 11-07-2016
  3
11 de Julho de 1899: Parabéns à Fiat11 de Julho de 1899: Parabéns à Fiat11 de Julho de 1899: Parabéns à Fiat11 de Julho de 1899: Parabéns à Fiat11 de Julho de 1899: Parabéns à Fiat11 de Julho de 1899: Parabéns à Fiat11 de Julho de 1899: Parabéns à Fiat
11 de Julho de 1899: Parabéns à Fiat11 de Julho de 1899: Parabéns à Fiat11 de Julho de 1899: Parabéns à Fiat11 de Julho de 1899: Parabéns à Fiat11 de Julho de 1899: Parabéns à Fiat11 de Julho de 1899: Parabéns à Fiat11 de Julho de 1899: Parabéns à Fiat
No dia 11 de Julho de 1899 Giovanni Agnelli (1866-1945) integrou o grupo de investidores que se reuniram no Palazzo Bricherasio em Turim para assinarem a escritura redigida pelo Dr. Ernesto Torretta, notário da Casa Real. Nas vésperas da criação da Società Anónima Fabbrica Italiana di Automobili Torino (FIAT sa.), Michele Lanza decidiu afastar-se e parte do capital que lhe estava reservado foi assumido por Giovanni Agnelli e o restante pelo Banco di Sconto e Sete. Ludovico Scarfiotti foi nomeado presidente.

O primeiro automóvel foi o Fiat 31/2 HP do qual só foram produzidas oito unidades, mas em 1916 a empresa começa a construir a fábrica de Lingotto, que entrou em funcionamento em 1923. Para trás ficaram diversos problemas internos numa Itália fértil em conflitos políticos. A necessidade de recapitalização alterou a estrutura accionista e Gionanni Agneli, que se tornará senador durante o governo fascista de Mussolini, assumiu o controlo, que deteve até ao final da II Guerra, altura em que a proximidade com o anterior regime aconselhou a passagem de testemunho para o filho mais velho, que viria a morrer num acidente de aviação.

Vittorio Valetta foi nomeado pela família Agnelli para gerir o negócio e diversificou a actividade industrial pelos mais variados sectores, preparando a entrada em cena de Giovanni Agnelli, o neto do fundador, que assumiu a liderança em 1966. Estatutariamente abandonou o cargo aos 75 anos e a presidência passou pelas mãos de Cesare Romite e Paolo Fresco. A situação da FIAT degradou-se e Umberto Agnelli, o irmão de Giovanni assumiu a liderança (2003) antes de Cesare Fiorio (2004), então presidente da Ferrari, ter sido escolhido pela família para gerir os seus interesses.

John Elkann, herdeiro da família, foi nomeado vice-presidente aos 28 anos de idade. Giuseppe Morchio demitiu-se do cargo de administrador delegado, sendo substituído por Sérgio Marcchionne a 1 de Junho de 2004.

Iniciou-se uma profunda alteração no Grupo que aproveitou a crise económica nos EUA passa assumir o controlo da Chrysler, e a 21 de Abril de 2010 a assembleia de accionista nomeia John Elkann presidente do Grupo Fiat, afastando Luca di Montezemolo. A reestruturação total do Grupo levou à criação da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) em 2014.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.