Pesquisa

Pesquisar Efemérides

Não foi encontrado efemérides para o dia selecionado
Efemérides
11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio
00:02 - 11-10-2016
  9
11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio
11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio11 de Outubro de 2005: Bugatti Veyron apresentado na Targa Florio
A Bugatti apresentou o EB 16.4 em Madonie, na Sicília, aproveitando o cenário da Targa Florio, uma das corridas mais icónicas do automobilismo desportivo. Foi o culminar de um ciclo iniciado em 1998, quando o Grupo VW adquiriu a Bugatti.

A definição do Bugatti começou com o EB118 mostrado no Salão Automóvel de Paris com o cunho da Italdesign. Meses depois, no Salão de Genebra de 1999, surgiu o EB 218, uma proposta de com quatro portas, ainda com assinatura da Italdesign, que no Salão de Frankfurt mostrou o 18.3 Chiron. Mas o 18.4 Veyron iria surgir no salão de Tóquio com a assinatura do "Volkswagen Centre of Excellence Design", dirigido por Hartmut Warkuss.

Reapareceu no Outono de 2000 no Salão Automóvel de Paris, impressionando pela imagem e pelo motor W16 de oito litros com 16 cilindros e os 1001 cv de potência exigidos por Ferdinand Piech, que liderava o Grupo VW.

No início de 2001 o Grupo VW anunciou que iria produzir 300 unidades da versão final do EB16.4 nas instalações que criou em França, no castelo Molsheim, a casa da família Bugatti. Mas a passagem da teoria à pratica não foi fácil, porque os custos eram excessivos. Os alemães só deram luz verde para o arranque do projecto nas vésperas do Salão de Genebra de 2004, depois de alterações na liderança da marca e de um novo plano de custos. A produção do modelo, que assumiu o nome de Pierre Veyron (1903-1970), um engenheiro da "velha" Bugatti, começou em Setembro de 2005.

Foi este modelo que apareceu a 11 de Outubro de 2005 na Sicília, um território cheio de tradição para a Bugatti e uma prova onde Ettore Bugatti garantiu vários triunfos. Era, e ainda é, um hiper-carro do outro mundo. Carbono e alumínio ajudam a reduzir o peso, a aerodinâmica e a electrónica potenciam a aerodinâmica e o motor W16 é o "super-herói" de um coupé que já tem lugar marcado na história do automóvel.

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.