Pesquisa
Desporto
Red Bull manda Gasly para a Toro Rosso e promove o estreante Alex Albon
12:59 - 12-08-2019
 
Red Bull manda Gasly para a Toro Rosso e promove o estreante Alex AlbonRed Bull manda Gasly para a Toro Rosso e promove o estreante Alex AlbonRed Bull manda Gasly para a Toro Rosso e promove o estreante Alex AlbonRed Bull manda Gasly para a Toro Rosso e promove o estreante Alex AlbonRed Bull manda Gasly para a Toro Rosso e promove o estreante Alex AlbonRed Bull manda Gasly para a Toro Rosso e promove o estreante Alex Albon
Red Bull manda Gasly para a Toro Rosso e promove o estreante Alex AlbonRed Bull manda Gasly para a Toro Rosso e promove o estreante Alex AlbonRed Bull manda Gasly para a Toro Rosso e promove o estreante Alex AlbonRed Bull manda Gasly para a Toro Rosso e promove o estreante Alex AlbonRed Bull manda Gasly para a Toro Rosso e promove o estreante Alex AlbonRed Bull manda Gasly para a Toro Rosso e promove o estreante Alex Albon

A Fórmula 1 está na paragem de Verão mas a Red Bull Racing não quer saber de férias e acaba de anunciar uma troca de pilotos: Pierre Gasly regressa à Toro Rosso e Alexander Albon, ainda na época de estreia na F1, foi promovido à equipa principal e junta-se a Max Verstappen.

A decisão apanhou toda a gente de surpresa, apesar de Gasly ter tido um começo de temporada muito complicado na equipa de Milton Keynes. De acordo com a equipa austríaca, o objectivo desta decisão é fazer uma análise directa do desempenho dos seus pilotos.

"A Red Bull está na posição única de ter quatro pilotos talentosos que podem ser trocados entre Red Bull e Toro Rosso", explicou a equipa em comunicado. "A equipa vai usar as próximas nove corridas para avaliar o rendimento do Alex [Albon] e fazer uma decisão de quem vai correr ao lado do Max [Verstappen] em 2020. Todos na equipa estão ansiosos por receber o Alex e ajudá-lo durante a sua próxima fase da carreira na Fórmula 1".

Recorde-se que Gasly tinha subido à equipa principal da Red Bull no início desta temporada, para assumir a vaga deixada em aberto por Daniel Ricciardo, que saiu para a Renault. Na primeira metade da época somou apenas 63 pontos, contra os 188 do companheiro de equipa, o holandês Max Verstappen.

Já Albon, que este ano chegou à F1, fez um bom trabalho na primeira metade do ano na "equipa B" da Red Bull, mas soma menos pontos que o companheiro de equipa, o russo Daniil Kvyat. E por falar em Kvyat, importa recordar uma troca semelhante que a equipa fez em 2016, quando rebaixou Kvyat para a Toro Rosso e promoveu Verstappen à equipa principal.

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.