Pesquisa
Desporto
É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!
13:01 - 21-11-2019
 
É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!
É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!É o fim! Citroën Racing "desiste" do WRC!

A Citroën Racing anunciou a meio da semana a sua saída definitiva do Mundial de Ralis WRC após Sébastien Ogier ter revelado que não iria correr com as cores do construtor francês no próximo ano.

A decisão do piloto gaulês, acompanhado pelo colega de equipa Esapekka Lappi, segue-se a uma época desapontante. Embora tivessem mais um ano de contrato com a equipa, ambos optaram por antecipar a saída.

"Como é óbvio, não desejávamos esta decisão", explicou Linda Jackson, responsável da equipa, "mas não podemos imaginar a temporada de 2020 sem Sébastien Ogier."

Com seis títulos mundiais e 47 vitórias no currículo, Sébastien Ogier iniciou-se em 2009 no WRC pela Citroën Racing. Em 2012, mudou-se para a Volkswagen Motorsport, sucedendo no ano seguinte a Sébastien Loeb como campeão mundial ao volante Volkswagen Polo R WRC. Foi o primeiro dos quatro sucessos consecutivos pela divisão desportiva do construtor germânico.

Transferiu-se, em 2017, para a M-Sport, ganhando nesse ano e no seguinte os títulos em disputa com o Ford Fiesta WRC.

A senda de sucessos terminou este ano quando regressou à Citroën Racing para correr com o Citroën C3 WRC. A época saldou-se apenas por três vitórias, nos ralis de Monte Carlo, México e Turquia.

Convém, igualmente, assinalar que este anúncio chega poucos dias depois da Peugeot ter afirmado que vai voltar ao mundial de resistência em 2022, decisão que também pode ajudar a justificar esta saída rompante da Citroën do WRC.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.