Pesquisa
Tome Nota
Suzuki, Mazda e Yamaha falsificaram dados de emissões
12:07 - 09-08-2018
 
Suzuki, Mazda e Yamaha falsificaram dados de emissões
Os fabricantes japoneses de veículos motorizados Suzuki, Mazda e Yamaha admitiram usar dados falsificados de emissões e consumo de combustível nos seus novos veículos depois de o governo local ordenar a revisão de procedimentos, escreve o "Correio da Manhã".

O ministro japonês dos transportes informou na quinta-feira (hora local) que os três fabricantes admitiram condutas impróprias nas inspeções.

As irregularidades surgiram depois de 23 fabricantes japoneses de carros e motos terem sido intimados a reexaminar os seus procedimentos em Julho, depois dos casos dos dados falsificados da Nissan e da Subaru.

A Suzuki assumiu que quase metade das suas 12.819 inspeções a novos carros envolveram irregularidades nas suas três fábricas.

Com menos frequência ocorreram irregularidades nos dois outros fabricantes, segundo o ministério: em 2,1% das 335 motos inspecionadas nos últimos dois anos na Yamaha e 3,8% dos 1.875 veículos inspecionados na Mazda nos últimos quatro anos.

Depois do comunicado oficial do governo, o presidente da Suzuki Motor, Toshihiro Suzuki, já pediu desculpas aos clientes e parceiros de negócios da companhia por causarem problemas.

O responsável indicou que havia falta de formação do pessoal nas equipas de inspeções e que a disciplina estava ausente das fábricas.

A Nissan e a Subaru admitiram este ano, como outros fabricantes em todo o mundo, que tinham falsificado dados sobre as emissões poluentes.

Em 2016, a Mitsubishi tinha reconhecido que também tinha falsificado dados sobre o consumo de combustíveis nas suas inspeções, o que provocou uma forte crise na empresa e que resultou na sua compra pela Nissan.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.