Pesquisa
Tome Nota
Mercedes em alta no mercado nacional
12:50 - 09-01-2018
  23
Mercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacional
Mercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacionalMercedes em alta no mercado nacional

O ano de 2017 foi o melhor ano de sempre da Mercedes-Benz em Portugal. A marca alemã vendeu 16.273 automóveis, registando um crescimento de 6,3% face a 2016. Para além deste recorde absoluto, a Mercedes-Benz também conquistou uma quota de mercado de 7,3%, uma das maiores a nível europeu.

Foi a quarta marca mais vendida no mercado nacional e a líder no chamado segmento Premium. No "top" de vendas, a família Classe A, GLA, CLA e CLA Shooting Break voltam a ser o motor da vendas, mas houve alguma migração de clientes que deram o salto para as versões do Classe C.

As novas carrinhas, o cabrio e a versão All-road dos Classe E, também ajudaram a dinamizar as vendas, o mesmo acontecendo com o restyling do Classe S, para já não falar no crescimento sustentado dos AMG e, neste campo, refira-se que a marca vendeu em Portugal o único AMG Project One, que foi disponibilizado para o nosso país – é um negócio na casa dos três milhões de euros...

A Smart, outra marca do Grupo, também teve um desempenho assinalável. Cresceu 3,0% face ao ano passado, naquele que foi o seu segundo melhor ano de actividade no nosso país. Não deixa de ser curioso que a venda de 137 modelos eléctricos nos dois últimos meses do ano represente um resultado mais do que prometedor para uma marca que aposta forte nesta via.

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.