Pesquisa
pub
Tome Nota
Fiat Chrysler não esquece os monovolumes
14:31 - 10-01-2017
  4
Fiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumes
Fiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumesFiat Chrysler não esquece os monovolumes
O futuro do Grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA) passa por propostas originais ao nível da forma e do conteúdo tecnológico. O "Portal Concept" é o melhor exemplo desta opção.

Trata-se de um estudo que antecipa um familiar do futuro, seguindo uma arquitectura do tipo monovolume, que muito a ver com a tradição da Chrysler. Adopta um design futurista, com uma ampla superfície vidrada para garantir a maior luminosidade num habitáculo com muito espaço, que graças a uma distância entre-eixos com cerca de três metros permitiu criar três filas de bancos.

As portas de correr facilitam a acessibilidade ao interior onde o tradicional volante foi substituído por um comando que pode ser utilizado (ou não) pelo condutor, porque o concept aposta na condução autónoma. O design interior é minimalista e pensado para garantir no automóvel um estilo semelhante ao que podemos encontrar numa habitação.

Os designers apelidaram o habitáculo como "third Space" (terceiro espaço) porque foi pensado para trabalhar ou relaxar, graças à condução autónoma do nível 3, que nos Estados Unidos permite a utilização do "piloto automático" em quase todas as situações do quotidiano (o nível 5 torna o condutor num mero passageiro).

No interior estão disponíveis 10 "dock stations" para carregar todo o tipo de smartphones ou tablets. Mas a grande novidade passa pelo "Panasonic Cognitive Infotainmen", desenvolvido pela FCA e pela Panasonic Automotive Advanced Engineering Permite a ligação ao Chrysler Portal Concept Companion App uma "store" que vai propor conteúdos personalizados para todos os ocupantes, para além de permitir o acesso a vários serviços (incluindo i-commerce).

A alimentação do motor eléctrico é garantida por uma bateria de 100 kW (como o Tesla S mais potente) e a FCA reivindica uma autonomia de 400 km e 20 minutos para a carga, desde que seja ligado a uma coluna com 350 kW (as primeiras vão começar a ser instaladas nos EUA).
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
PUB
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres