Pesquisa
pub
Tome Nota
Elon Musk acha valor da Tesla exagerado
11:36 - 19-05-2017
  3
Elon Musk acha valor da Tesla exageradoElon Musk acha valor da Tesla exageradoElon Musk acha valor da Tesla exageradoElon Musk acha valor da Tesla exageradoElon Musk acha valor da Tesla exageradoElon Musk acha valor da Tesla exageradoElon Musk acha valor da Tesla exageradoElon Musk acha valor da Tesla exagerado
Elon Musk acha valor da Tesla exageradoElon Musk acha valor da Tesla exageradoElon Musk acha valor da Tesla exageradoElon Musk acha valor da Tesla exageradoElon Musk acha valor da Tesla exageradoElon Musk acha valor da Tesla exageradoElon Musk acha valor da Tesla exageradoElon Musk acha valor da Tesla exagerado

Elon Musk diz que a Tesla não deve estar avaliada acima dos 50 mil milhões de dólares. Em entrevista ao The Guardian, o CEO americano esclareceu as condições de trabalho dos seus empregados, depois de um relatório revelar que alguns colaboradores têm enfrentado dificuldades físicas nas fábricas.

Desde 2014, mais de 100 ambulâncias foram chamadas às instalações da Tesla para auxiliar trabalhadores que sofriam de dores no peito, dificuldades respiratórias e até desmaios. Centenas de outros casos foram também reportados, colocando em causa as condições de trabalho que a empresa americana proporcionava aos empregados.

O CEO afirmou que os trabalhadores têm-se esforçado bastante e durante muitas horas, mas que a empresa não poupava em questões de segurança. Agora, Musk defende que a sua companhia não deveria valer tanto no mercado.

"Penso que o nosso valor no mercado está acima do que merecemos. Somos uma empresa que está a perder dinheiro. Não vivemos uma situação em que somos apenas capitalistas gananciosos que decidem abdicar da segurança dos seus trabalhadores para aumentar ainda mais o lucro. É apenas uma questão de não perdermos mais dinheiro e todos ficarem sem emprego", afirmou Elon Musk.

Um trabalhador da Tesla revelou que os elevados objectivos de produção da empresa levavam pessoas a desmaiar e outros a serem obrigados a tomar o seu lugar enquanto os colegas estavam estendidos no chão.

A Tesla diz que todos os casos de incidentes com trabalhadores foram devidamente transmitidos aos reguladores de segurança laboral e que esse tipo de situações acontecia cada vez menos.

A fasquia de Elon Musk está na produção de 500 mil carros em 2018, um aumento de 495% em relação a 2016.  

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
PUB
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.