Pesquisa
Novos Modelos
Mercedes Classe C foi retocado antes do Salão de Genebra
14:05 - 14-02-2018
  44
Mercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de Genebra
Mercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de GenebraMercedes Classe C foi retocado antes do Salão de Genebra
Mercedes Classe C foi retocado antes do Salão de Genebra

A renovação da berlina Classe C e da "carrinha" Classe C Estate era uma das novidades mais esperadas da Mercedes para o Salão Automóvel de Genebra, que se realiza em Março, mas a marca de Estugarda resolveu não guardar a surpresa para o certame helvético e já levantou o véu à versão renovada de um dos seus "best-sellers".

Para se perceber a importância deste modelo para a marca alemã basta dizer que entre berlina e "shooting brake" a Mercedes vendeu 415 mil unidades do Classe C em 2017. Um número assinalável e que a Mercedes espera repetir – ou se possível aumentar! – este ano, já que introduziu mudanças na gama de motores, no plano estético e claro, no interior, que ficou ainda mais tecnológico!

A dianteira sofreu alterações muito ligeiras mas aquela que mais se destaca aconteceu ao nível dos grupos ópticos. Estão disponíveis (por opção) faróis com tecnologia Multibeam LED que se adaptam às condições do trânsito e que conseguem garantir uma distância de iluminação até 650 metros.

Também o pára-choques foi revisto, sendo que os acabamentos variam de acordo com o nível de equipamento. A linha "Avantgarde", por exemplo, acrescenta uma moldura cromada na grelha frontal, ao passo que a linha "Exclusive" conta com uma grelha cromada de três peças. Já a linha AMG, a mais desportiva das disponíveis, garante a famosa grelha com padrão de diamante.

Avançando para a traseira, o maior destaque também surge ao nível das luzes, que contam agora com um desenho na forma de um "C" invertido. Isto para o caso da berlina, já que na "carrinha" as alterações são ainda mais óbvias, já que o desenho dos grupos ópticos é completamente novo. Mas não foi só a forma que mudou, já que as ópticas traseiras também cresceram em tamanho.

Tal como sempre acontece, a linha AMG ajuda a vincar o carácter desportivo de qualquer proposta da Mercedes. E este novo Classe C não é excepção. É notório o novo "lip-spoiler" na dianteira e um novo difusor traseiro com as saídas de escape integradas.

Mas se as alterações na carroçaria são "suaves", o mesmo não se pode dizer do habitáculo, que foi ao encontro do que a Mercedes apresentou no novo Classe A. Destaca-se o novo desenho da consola central com três saídas de ar por baixo do ecrã táctil – com 7 polegadas de série e opcionalmente com 10.25 polegadas – e o novo comando de controlo mais abaixo.

Este painel táctil, que combina as funções de navegação com as de info-entretenimento, é a peça central deste habitáculo, mas não é o único "display" a bordo. É que por trás do volante multifunções com apontamentos em cromado está outro painel digital de 5.5 polegadas que assume as funções de painel de instrumentos digital, ainda que o "look" analógico esteja garantido. Porém , para aqueles que quiserem uma proposta mais arrojada, está disponível um ecrã de 12.3 polegadas e de alta resolução que combinado com o ecrã central de 10.25 polegadas cria um enorme painel horizontal que toma conta de todo o "tablier" deste Classe C.

Tal como acontece com o novo Classe S este Classe C conta com o sistema de iluminação de ambiente que pode assumir até 64 cores. Mas este não o único ponto em comum entre este novo Classe C e o "navio almirante" da marca de Estugarda. É que os sistemas de segurança herdaram o sistema "Intelligent Drive" que a Mercedes estreou no último Classe C, sendo que esta tecnologia conta com sensores e câmaras capazes de captar informações num raio de até 500 metros.

Mercedes Classe C foi retocado antes do Salão de Genebra

Esta rede de sensores, radares e câmaras permite que este Classe C conte com funções de condução semi-autónoma, tais como o novo sistema "cruise control" que juntamente com o sistema de controlo de distância activo e os mapas do sistema de navegação consegue ajustar a velocidade antes de entrar numa curva ou antes de abordar uma rotunda ou cruzamento.

A marca de Estugarda ainda não confirmou a gama de motores que vai equipar o novo Mercedes Classe C, sendo que só o deverá fazer em Março, no Salão de Genebra. Mas sabe-se que vai introduzir dois novos motores de quatro cilindros gasolina e diesel, sendo que a potência e o binário deverão subir ligeiramente.

Segundo adianta a publicação britânica "Autocar", este novo Classe C vai ainda estrear duas novas variantes híbridas plug-in que vão combinar um motor eléctrico com um bloco a combustão diesel e um a gasolina. Este novo sistema híbrido EQ-Power, que dará origem às variantes C300e e C300de, deverá garantir mais 40 cv de potência do que a antiga variante híbrida do Classe C, o C300h, e 50 quilómetros de autonomia.

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.