Pesquisa
pub
Actualidade
Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!
18:03 - 12-10-2017
  62
Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!
Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!
Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!
O gigante dos processadores electrónicos Nvidia deu um passo gigante para o avanço da condução autónoma do Nível 5 – o nível máximo, aquele em que os automóveis já não precisarão de volante nem pedais – ao apresentar o mais potente supercomputador alguma vez feito para utilização num carro. Com a vantagem de ser de um tamanho minúsculo, comparado com o que tem sido usado até aqui, em testes…

O novo sistema Drive PX Pegasus tem a capacidade de fazer 320 triliões (ou seja, milhões de milhões) de cálculos por segundo, face aos 30 triliões do anterior Nvidia Drive PX 2 AI que está a ser usado por 225 empresas a estudar a condução autónoma, 25 das quais para a sua aplicação em táxis ou em veículos de entregas. Aliás, na mesma altura, a Nvidia anunciou uma parceria com a empresa de distribuição DHL que irá começar testes no próximo ano, com entregas autónomas.

O aumento de capacidade de processamento é decisivo para o avanço na condução autónoma do Nível 5. Para que os automóveis se movam por si próprios, de forma absolutamente segura, têm de confiar numa série de "vigias", sejam câmaras várias, sensores ultra-sónicos e sistemas de radar e lidar. Uma panóplia de dispositivos que gera cerca de 1 terabyte de dados por segundo que têm de ser processados instantaneamente para as ordens correctas chegarem aos comandos do carro.

É verdade que há marcas que já conseguem colocar automóveis a funcionar no Nível 5, mas para isso precisam de ter uma bagageira repleta de computadores. Este processador Drive PX Pegasus vem revolucionar todo esse processo por ocupar pouco mais espaço que… uma placa de matrícula!
Supercomputador avança na condução totalmente autónoma!

"Depois da plataforma de primeira geração, percebemos que precisávamos de muito mais ‘performance’ e este é um autêntico supercomputador para automóveis", referiu Danny Shapiro, director da Nvidia para o sector automóvel, enfatizando ainda a enorme poupança de energia que representará, algo especialmente importante se ligarmos a condução autónoma a automóveis eléctricos. "Este sistema poupará milhares de Watts do que é gasto nos carros actuais".

A tecnologia continua a avançar a uma velocidade "supersónica", em direcção à condução autónoma! Já a legislação que a autorizará e as mudanças necessárias nas infraestruturas rodoviárias que serão indispensáveis continuam… a passo de tartaruga.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
PUB
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.