Pesquisa
pub
Actualidade
Lexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azul
08:54 - 12-10-2017
  499
Lexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azul
Lexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azulLexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azul
Lexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azul

Quanto tempo demora desenvolver uma nova cor de automóvel? É uma pergunta que a grande maioria dos fãs de automóveis provavelmente não sabe responder, mas é seguro afirmar que seria muito difícil encontrar alguém que respondesse 15 anos.

Mas foi precisamente esse o tempo que o projecto de pesquisa e desenvolvimento da nova cor "Structural Blue" da Lexus demorou a desenvolver. Durante este período de tempo a fabricante japonesa precisou que os seus centros tecnológicos nos Estados Unidos e no Japão trabalhassem em conjunto e com a empresa VIAVI Solutions Inc.

Mas afinal o que tem de especial esta cor que foi estreada no novo LC Coupé que a Lexus apresentou no último Salão de Genebra e que AQUELA MÁQUINA já experimentou? Bem, este "Structural Blue" é uma cor tão complexa que a fabricante nipónica só consegue produzir dois modelos por dia com este tom, cada um com aproximadamente 300 mil milhões de pigmentos.

As tintas de pigmentos convencionais reflectem menos de 50 por cento da luz que lhe chega, como uma cor azul visível, mas a Lexus não fez por menos e este "Structural Blue" - inspirada nas borboletas Morpho, uma espécie nativa da América do Sul - reflecte quase 100 por cento da luz. Acredite, este azul é mesmo muito… azul!

Lexus demorou 15 anos a desenvolver este tom de azul

Esta cor, disponível no nível de equipamento "LC Structural Blue Edition" e nos LC 500 e LC 500h, contrasta com as jantes de 21 polegadas de liga forjada, apontamentos em fibra de carbono e com o habitáculo que combina elementos em pele azul com o branco e o laranja.

Recorde-se que este coupé está disponível com um motor V8 de 5.0 litros de cilindrada com 477 cv de potência e com um sistema híbrido que combina um bloco V6 de 3,5 litros de cilindrada com um propulsor eléctrico que juntos debitam o equivalente a 359 cv.

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
PUB
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.