Pesquisa

Pesquisar Efemérides

Não foi encontrado efemérides para o dia selecionado
Efemérides
13 de Fevereiro de 1961: O primeiro Ferrari F1 com motor atrás
00:02 - 13-02-2017
  14
HOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrás
HOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrásHOJE HÁ 56 ANOS: O primeiro Ferrari F1 com motor atrás
No dia 13 de Fevereiro de 1961 a Ferrari deixou meio mundo de boca aberta com a apresentação do Dino 156 F1, um monolugar que contrastava com tudo o que a Scuderia já havia produzido até então.

Enzo Ferrari nunca viu com bons olhos automóveis com motores atrás ou em posição central traseira, e terá chegado a dizer qualquer coisa como: "nos carros os animais puxavam e não empurravam", mas a evolução tecnológica obrigou-o a abrir mão de muitas das convicções que vinham do passado.

A Ferrari foi das últimas equipas de F1 a apostar nos motores colocados em posição central traseira, mas não havia alternativa quando em 1961 a alteração do regulamento técnico reduziu a cilindrada dos motores de 2.5 para 1.5 litros, apontando para este tipo de arquitectura.

A Ferrari criou o Dino 156. ‘Dino’, porque estava equipado com um motor V6, um bloco que o Comendador considerava "menor", e ‘156’ porque tinha 1.5 litros de cilindrada nos seus 6 cilindros.

Foi um dos mais originais monolugares da F1, mas também um modelo de sucesso. Em 1961 garantiu cinco vitórias nas oito provas da temporada e o título de construtores para a Scuderia, para além de ajudar Phill Hill a ser primeiro americano a conquistar o Campeonato do Mundo de F1.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.