Pesquisa
Preços automóveis novos
  • HOJE HÁ 35 ANOS: UMM à partida do Dakar
    foto 1 de 8
    Fotos
    HOJE HÁ 35 ANOS: UMM à partida do Dakar
    21:01 - 31-12-2016
    154
  • HOJE HÁ 35 ANOS: UMM à partida do Dakar
    foto 2 de 8
    Fotos
    HOJE HÁ 35 ANOS: UMM à partida do Dakar
    21:01 - 31-12-2016
    154
  • HOJE HÁ 35 ANOS: UMM à partida do Dakar
    foto 3 de 8
    Fotos
    HOJE HÁ 35 ANOS: UMM à partida do Dakar
    21:01 - 31-12-2016
    154
  • HOJE HÁ 35 ANOS: UMM à partida do Dakar
    foto 4 de 8
    Fotos
    HOJE HÁ 35 ANOS: UMM à partida do Dakar
    21:01 - 31-12-2016
    154
  • HOJE HÁ 35 ANOS: UMM à partida do Dakar
    foto 5 de 8
    Fotos
    HOJE HÁ 35 ANOS: UMM à partida do Dakar
    21:01 - 31-12-2016
    154
  • HOJE HÁ 35 ANOS: UMM à partida do Dakar
    foto 6 de 8
    Fotos
    HOJE HÁ 35 ANOS: UMM à partida do Dakar
    21:01 - 31-12-2016
    154
  • HOJE HÁ 35 ANOS: UMM à partida do Dakar
    foto 7 de 8
    Fotos
    HOJE HÁ 35 ANOS: UMM à partida do Dakar
    21:01 - 31-12-2016
    154
  • HOJE HÁ 35 ANOS: UMM à partida do Dakar
    foto 8 de 8
    Fotos
    HOJE HÁ 35 ANOS: UMM à partida do Dakar
    21:01 - 31-12-2016
    154
Em 1982, na quarta edição do Dakar, a UMM (União Metalo Mecânica) inscreveu uma equipa com três modelos equipados com motores 2.5 Indenor numa prova que passou por Alger, Hassi Messaoud, Tit, Timeaouine, Gao, Toubouctou, Nioro e Tambacounda, antes de chegar ao Lago Rosa, perto de Dakar.

Foi uma grande aventura para José Megre/Manuel Romão, Pedro Cortês/Joaquim Miranda, e Diogo Amado/Villas-Boas. Sem grande experiência, os dois primeiros terminaram no 45º e 46º lugares, enquanto que após um capotamento Diogo Amado chegou a Dakar no 72º lugar, sentado no banco do lado direito, com as duas pernas engessadas.

A equipa regressou no ano seguinte, com uma logística de apoio formada por dois UMM Indenor 2.5 diesel para Carlos Barbosa/Paula Cardoso/Camilo Marques e Artur Rodrigues/Silvino Alves/Norberto Tomé, mas Pedro Cortês/Teixeira Gomes terminaram em 42º, e José Megre/Mira Amaral, em 47º. Em 1984, Pedro Cortês/Teixeira Gomes, garantiram o 34º lugar, e José Megre/Pedro Villas Boas, a 42ª posição.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
PUB
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres